Judiciário e Cidadania na Constituição da República Brasileira (1841-1920) - Biblioteca de História do Direito - Coordenada por Ricardo Marcelo Fonseca

2ª Edição Andrei Koerner

Versão impressa

de R$ 79,90*
por R$ 71,91em 2x de R$ 35,96Adicionar ao carrinho

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): Andrei Koerner

ISBN: 978853623059-7

Edição/Tiragem: 2ª Edição

Acabamento: Capa Dura + Sobrecapa

Formato: 16,5x21,5 cm

Peso: 510grs.

Número de páginas: 272

Publicado em: 23/07/2010

Área(s): Direito - Coleções; Direito - Diversos

Sinopse

A crise do Poder Judiciário e sua reforma é tema dos mais relevantes do debate político atual no Brasil. No centro desse tema está a questão da cidadania: como tornar o Poder Judiciário instrumento eficaz para a universalização dos direitos fundamentais dos indivíduos no nosso país? De que modo o formato institucional do Poder Judiciário brasileiro apresenta obstáculos a esse desafio? Quais características atuais do Judiciário são ainda tributárias de escolhas do passado? Aliando análise política e perspectiva histórica, este livro apresenta contribuição fundamental para a compreensão das relações entre o Judiciário e a cidadania no Brasil. O livro parte da constituição da sociedade e do Estado brasileiros para abordar temas relativos ao formato institucional do Poder Judiciário, como a sua forma de organização, os procedimentos e a carreira dos magistrados. Nessa trama, Andrei Koerner revela as relações complexas entre o Judiciário e a cidadania na constituição da sociedade brasileira. Seu livro mostra como, entre o Império escravista, sua crise e a consolidação da Primeira República, o Poder Judiciário adquiriu características institucionais que traduziram e acentuaram o caráter excludente da sociedade brasileira, impedindo a universalização do acesso ao judiciário e a efetividade dos direitos de todos os indivíduos.

Autor(es)

Andrei Koerner é Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade de São Paulo; Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é Professor da Universidade Estadual de Campinas, pesquisador do Ineu – Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos sobre os Estados Unidos (CNPq-Fapesp) e do Cedec – Centro de Estudos de Cultura Contemporânea. Associado ao IBHD, é colaborador do IBCCrim – Instituto Brasileiro de Ciências Criminais. É autor de “Habeas Corpus, Prática Judicial e Controle Social no Brasil”, (Ed. IBCCrim, 1999) e organizou os livros: “História da Justiça Penal no Brasil – Pesquisas e Análises”, (Ed. IBCCrim, 2006) e, em colaboração com Fernanda Duarte: “Justiça Constitucional no Brasil: Política e Direito”, (Ed. Tribunal da 2ª Região Federal, 2010, no prelo).

 

Sumário

INTRODUÇÃO, p. 25

CAPÍTULO 1 O PODER JUDICIAL NA ORDEM POLÍTICA IMPERIAL, p. 33

1.1 O PODER JUDICIAL SEGUNDO A LEI DE 3 DE DEZEMBRO DE 1841, p. 35

a) Forma de organização, p. 35

b) Distribuição de competências, p. 37

1.2 O PODER JUDICIAL NO SISTEMA POLÍTICO IMPERIAL, p. 39

a) O sistema constitucional segundo o pensamento conservador, p. 39

b) A prática do sistema constitucional, p. 41

c) Papel político dos Magistrados, p. 43

1.3 O PODER JUDICIAL NA SOCIEDADE ESCRAVISTA, p. 47

a) A organizacao social escravista e a mediacao judicial dos conflitos, p. 47

b) O governo central, os Magistrados e o poder local, p. 50

c) As categorias de indivíduos e as jurisdições civil e criminal, p. 52

d) A prática judicial na sociedade escravista, p. 61

1.4 TENSÕES E CONFLITOS COM MAGISTRADOS, p. 63

a) A autonomia de julgamento dos Magistrados, p. 64

b) A lealdade partidária dos Magistrados, p. 72

c) A profissionalizacao da Magistratura, p. 75

CAPÍTULO 2 MUDANÇAS E CONTINUIDADES DO PODER JUDICIAL NA CRISE DA SOCIEDADE ESCRAVISTA, p. 77

2.1 A TRANSIÇÃO GRADUAL PARA O TRABALHO LIVRE, p. 79

2.2 AS PROPOSTAS DE REFORMA JUDICIÁRIA, p. 83

a) As propostas liberais, p. 83

b) As propostas conservadoras, p. 88

2.3 A REFORMA JUDICIÁRIA DE 1871, p. 92

a) O debate parlamentar, p. 93

b) A distribuição das competências na jurisdição civil, p. 95

c) A distribuição das competências na jurisdição criminal, p. 99

d) Garantias contra prisões arbitrárias, p. 103

2.4 MUDANÇAS NA CARREIRA E NO PAPEL POLÍTICO DOS MAGISTRADOS, p. 111

a) Diferenciação da carreira dos Magistrados, p. 111

b) Estruturação da carreira dos Magistrados e aumento do número de lugares, p. 114

c) Análise do mecanismo das remoções, p. 124

2.5 PRÁTICA JUDICIAL E MUDANÇA SOCIAL: NOTA SOBRE OS MAGISTRADOS E A ABOLIÇÃO, p. 127

CAPÍTULO 3 O PODER JUDICIÁRIO NA ORGANIZAÇÃO CONSTITUCIONAL DA REPÚBLICA, p. 139

3.1 A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA COMO RUPTURA DA ORDEM POLÍTICA IMPERIAL, p. 140

3.2 A POSIÇÃO DO JUDICIÁRIO NOS PODERES DA UNIÃO, p. 146

3.3 DIVISÃO DE PODERES ENTRE A UNIÃO E OS ESTADOS, p. 153

a) Poderes de organização do Judiciário e de legislação civil, co mercial, penal e processual, p. 153

b) A criação do Código Penal de 1890, p. 155

c) A criação do Poder Judiciário Federal, p. 159

3.4 O PODER JUDICIÁRIO NA CONSTITUINTE REPUBLICANA, p. 162

CAPÍTULO 4 O PODER JUDICIÁRIO FEDERAL NA ORDEM POLÍTICA DA PRIMEIRA REPÚBLICA, p. 171

4.1 O STF NO SISTEMA POLÍTICO FEDERAL: A VITALICIEDADE DOS MINISTROS E AS ALIANÇAS DAS FACÇÕES, p. 173

4.2 A POLÍTICA DOS GOVERNADORES E A ORDEM POLÍTICA REPUBLICANA, p. 175

4.3 POLÍTICA DE NOMEAÇÕES DE MINISTROS DO STF E JUÍZES SECCIONAIS DE 1900 A 1911, p. 179

a) Ministros do STF, p. 179

b) Juízes seccionais, p. 181

4.4 HABEAS CORPUS NOS CONFLITOS ELEITORAIS ENTRE OLIGARQUIAS ESTADUAIS, p. 184

4.5 FORMA DE ORGANIZAÇÃO DOS JUÍZOS SECCIONAIS, p. 192

CAPÍTULO 5 PODER JUDICIÁRIO, POLÍTICA E SOCIEDADE EM SÃO PAULO NA PRIMEIRA REPÚBLICA, p. 201

5.1 A ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA NOS ESTADOS, p. 202

5.2 PODER JUDICIÁRIO E POLÍTICA NO ESTADO DE SÃO PAULO, p. 209

5.3 PODER JUDICIÁRIO E SOCIEDADE EM SÃO PAULO, p. 218

a) Processos de mudança social, p. 218

b) Distribuição de competências, p. 223

REFERÊNCIAS, p. 237

ANEXOS, p. 249

Índice alfabético

A

  • Abolicao. Pratica judicial e mudanca social: nota sobre os magistrados e a abolicao., p. 127
  • Aliancas das faccoes. STF no sistema politico federal: a vitaliciedade dos Ministros e as aliancas das faccoes., p. 173
  • Analise do mecanismo das remocoes., p. 124
  • Anexos., p. 237
  • Arbitrariedade. Garantias contra prisoes arbitrarias., p. 103
  • Autonomia de julgamento dos magistrados., p. 64

C

  • Carreira. Estruturacao da carreira dos magistrados e aumento do numero de lugares., p. 114
  • Carreira. Mudancas na carreira e no papel politico dos magistrados., p. 111
  • Categorias de individuos e as jurisdicoes civil e criminal., p. 52
  • Código Penal de 1890. Criacao., p. 155
  • Competencia. Distribuicao das competencias na jurisdicao civil., p. 95
  • Competencia. Distribuicao das competencias na jurisdicao criminal., p. 99
  • Competencia. Distribuicao de competencias., p. 223
  • Competencias. Distribuicao de competencias., p. 37
  • Conflito eleitoral. áHabeas corpusâ nos conflitos eleitorais entre oligarquias estaduais., p. 184
  • Conflitos e tensoes com magistrados., p. 63
  • Constitucional. Sistema constitucional segundo o pensamento conservador., p. 39
  • Constituinte. Poder Judiciario na constituinte republicana., p. 162
  • Continuidades e mudancas do Poder Judicial na crise da sociedade escravista., p. 77
  • Criação do Codigo Penal de 1890., p. 155
  • Criacao do Poder Judiciario Federal., p. 159
  • Crise da sociedade escravista. Mudancas e continuidades do Poder Judicial na crise da sociedade escravista., p. 77

D

  • Debate parlamentar., p. 93
  • Diferenciacao da carreira dos magistrados., p. 111
  • Distribuicao das competencias na jurisdicao civil., p. 95
  • Distribuicao das competencias na jurisdicao criminal., p. 99
  • Distribuicao de competencias., p. 37
  • Distribuicao de competencias., p. 223
  • Divisao de poderes entre a Uniao e os Estados., p. 153

E

  • Estados. Divisao de poderes entre a Uniao e os Estados., p. 153
  • stados. Organizacao judiciaria nos Estados., p. 202
  • Estruturacao da carreira dos magistrados e aumento do numero de lugares., p. 114

F

  • Forma de organizacao., p. 35
  • Forma de organizacao dos juizos seccionais., p. 192

G

  • Garantias contra prisoes arbitrarias., p. 103
  • Governador. Politica dos governadores e a ordem politica republicana., p. 175
  • Governo central, os magistrados e o poder local., p. 50

H

  • Habeass corpus â nos conflitos eleitorais entre oligarquias estaduais., p. 184

I

  • Individuo. Categorias de individuos e as jurisdicoes civil e criminal., p. 52
  • Introducao., p. 25

J

  • Judiciario. Posicao do Judiciario nos poderes da Uniao., p. 146
  • Juiz seccional. Forma de organizacao dos juizos seccionais., p. 192
  • Juizes seccionais., p. 181
  • Juizes seccionais. Politica de nomeacoes de Ministros do STF e juizes seccionais de 1900 a 1911., p. 179
  • Julgamento. Autonomia de julgamento dos magistrados., p. 64
  • Jurisdicao civil. Categorias de individuos e as jurisdicoes civil e criminal., p. 52
  • Jurisdicao civil. Distribuicao das competencias na jurisdicao civil., p. 95
  • Jurisdicao criminal. Categorias de individuos e as jurisdicoes civil e criminal., p. 52
  • Jurisdicao criminal. Distribuicao das competencias., p. 99

L

  • Lealdade partidaria dos magistrados., p. 72
  • Lei de 03/12/1841. Poder Judicial segundo a Lei de 3 de dezembro de 1841., p. 35

M

  • Magistrado. Autonomia de julgamento dos magistrados., p. 64
  • Magistrado. Estruturacao da carreira dos magistrados e aumento do numero de lugares., p. 114
  • Magistrado. Governo central, os magistrados e o poder local., p. 50
  • Magistrado. Lealdade partidaria dos magistrados., p. 72
  • Magistrado. Mudancas na carreira e no papel politico dos magistrados., p. 111
  • Magistrado. Papel politico dos magistrados., p. 43
  • Magistrado. Pratica judicial e mudanca social: nota sobre os magistrados e a abolicao., p. 127
  • Magistrado. Tensoes e conflitos com magistrados., p. 63
  • Magistratura. Profissionalizacao da magistratura., p. 75
  • Mecanismo das remocoes. Analise., p. 124
  • Ministros. Politica de nomeacoes de Ministros do STF e juizes seccionais de 1900 a 1911., p. 179
  • Ministros. STF no sistema politico federal: a vitaliciedade dos Ministros e as aliancas das faccoes., p. 173
  • Ministros do STF., p. 179
  • Mudanca social. Pratica judicial e mudanca social: nota sobre os magistrados e a abolicao., p. 127
  • Mudancas e continuidades do Poder Judicial na crise da sociedade escravista., p. 77
  • Mudancas na carreira e no papel politico dos magistrados., p. 111

N

  • Nomeacao. Politica de nomeacoes de Ministros do STF e juizes seccionais de 1900 a 1911., p. 179

O

  • Oligarquia estadual. áHabeas corpusâ nos conflitos eleitorais entre oligarquias estaduais., p. 184
  • Ordem politica. Poder Judiciario federal na ordem politica da Primeira Republica., p. 171
  • Ordem politica imperial. Poder Judicial na ordem politica imperial., p. 33
  • Ordem politica imperial. Proclamacao da Republica como ruptura da ordem politica imperial., p. 140
  • Ordem politica republicana. Politica dos governadores., p. 175
  • Organizacao Constitucional da Republica. Poder Judiciario., p. 139
  • Organizacao. Forma de organizacao., p. 35
  • Organizacao judiciaria nos Estados., p. 202
  • Organizacao social escravista e a mediacao judicial dos conflitos, p. 47

P

  • Papel politico dos magistrados., p. 43
  • Parlamento. Debate parlamentar., p. 93
  • Partidarismo. Lealdade partidaria dos magistrados., p. 72
  • Pensamento conservador. Sistema constitucional segundo o pensamento conservador., p. 39
  • Poder Judicial. Mudancas e continuidades do Poder Judicial na crise da sociedade escravista., p. 77
  • Poder Judicial na ordem politica imperial., p. 33
  • Poder Judicial segundo a Lei de 3 de dezembro de 1841., p. 35
  • Poder Judiciario Federal. Criacao., p. 159
  • Poder Judiciario e politica no estado de Sao Paulo., p. 209
  • Poder Judiciario e sociedade em Sao Paulo., p. 218
  • Poder Judiciario federal na ordem politica da Primeira Republica., p. 171
  • Poder Judiciario na constituinte republicana., p. 162

R

  • Poder Judiciario, politica e sociedade em Sao Paulo na Primeira Republica., p. 201

P

  • Poder judicial na sociedade escravista., p. 47
  • Poder judicial no sistema politico imperial., p. 39
  • Poder judiciario na Organizacao Constitucional da Republica., p. 139
  • Poder local. Governo central, os magistrados e o poder local., p. 50
  • Poderes. Divisao de poderes entre a Uniao e os Estados., p. 153
  • Poderes da Uniao. Posicao do Judiciario nos poderes da Uniao., p. 146
  • Poderes de organizacao do Judiciario e de legislacao civil, comercial, penal e processual., p. 153
  • Politica. Mudancas na carreira e no papel politico dos magistrados., p. 111
  • Politica. Poder Judiciario e politica no estado de Sao Paulo., p. 209
  • Politica. Poder Judiciario, politica e sociedade em Sao Paulo na Primeira Republica., p. 201
  • Politica de nomeacoes de Ministros do STF e juizes seccionais de 1900 a 1911., p. 179
  • Politica dos governadores e a ordem politica republicana., p. 175
  • Politica imperial. Poder Judicial., p. 33
  • Posicao do Judiciario nos poderes da Uniao., p. 146
  • Pratica do sistema constitucional., p. 41
  • Pratica judicial e mudanca social: nota sobre os magistrados e a abolicao., p. 127
  • Pratica judicial na sociedade escravista., p. 61
  • Primeira Republica. Poder Judiciario federal na ordem politica da Primeira Republica., p. 171
  • Primeira Republica. Poder Judiciario, politica e sociedade em Sao Paulo. Primeira Republica., p. 201
  • Prisao arbitraria. Garantias contra prisoes arbitrarias., p. 103
  • Processos de mudanca social., p. 218
  • Proclamacao da Republica como ruptura da ordem politica imperial., p. 140
  • Profissionalizacao da magistratura., p. 75
  • Propostas conservadoras. Reforma judiciaria., p. 88
  • Propostas de reforma judiciaria., p. 83
  • Propostas liberais. Reforma judiciaria., p. 83

R

  • Referencias., p. 253
  • Reforma judiciaria. Propostas., p. 83
  • Reforma judiciaria. Propostas conservadoras., p. 88
  • Reforma judiciaria. Propostas liberais., p. 83
  • Reforma judiciaria. Reforma judiciaria de 1871., p. 92
  • Reforma judiciaria de 1871. Reforma judiciaria., p. 92
  • Remocao. Analise do mecanismo das remocoes., p. 124
  • Republica. Poder Judiciario na constituinte republicana., p. 162
  • Republica. Proclamacao da Republica como ruptura da ordem politica imperial., p. 140
  • Ruptura. Proclamação da Republica como ruptura da ordem politica imperial., p. 140

S

  • STF. Politica de nomeacoes de Ministros do STF e juizes seccionais de 1900 a 1911., p. 179
  • STF no sistema politico federal: a vitaliciedade dos Ministros e as aliancas das faccoes., p. 173
  • Sao Paulo. Poder Judiciario e politica no estado de Sao Paulo., p. 209
  • Sao Paulo. Poder Judiciario e sociedade em Sao Paulo., p. 218
  • Sistema constitucional. Pratica., p. 41
  • Sistema constitucional segundo o pensamento conservador., p. 39
  • Sistema politico federal. STF no sistema politico federal: a vitaliciedade dos Ministros e as aliancas das faccoes., p. 173
  • Sistema politico imperial. Poder judicial., p. 39
  • Sociedade. Poder Judiciario e sociedade em Sao Paulo., p. 218
  • Sociedade. Poder Judiciario, politica e sociedade em Sao Paulo na Primeira Republica., p. 201
  • Sociedade escravista. Mudancas e continuidades do Poder Judicial na crise da sociedade escravista., p. 77
  • Sociedade escravista. Poder judicial., p. 47
  • Sociedade escravista. Pratica judicial., p. 61

T

  • Tensoes e conflitos com magistrados., p. 63
  • Trabalho livre. Transicao gradual., p. 79
  • Transicao gradual para o trabalho livre., p. 79

U

  • Uniao. Divisao de poderes entre a Uniao e os Estados., p. 153
  • Uniao. Posicao do Judiciario nos poderes da Uniao., p. 146

Recomendações

Capa do livro: Estado e Religião - A Liberdade Religiosa no Brasil, Fábio Carvalho Leite

Estado e Religião - A Liberdade Religiosa no Brasil

 Fábio Carvalho LeiteISBN: 978853624712-0Páginas: 488Publicado em: 03/07/2014

Versão impressa

de R$ 147,70* porR$ 132,93em 5x de R$ 26,59Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 104,70* porR$ 94,23em 3x de R$ 31,41Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Terceiro Setor e Religião, Rodrigo Mendes Pereira

Terceiro Setor e Religião

 Rodrigo Mendes PereiraISBN: 978853623323-9Páginas: 292Publicado em: 20/04/2011

Versão impressa

de R$ 87,70* porR$ 78,93em 3x de R$ 26,31Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Direito Político em Jürgen Habermas, O, Renato Toller Bray

Direito Político em Jürgen Habermas, O

 Renato Toller BrayISBN: 978853623487-8Páginas: 180Publicado em: 19/09/2011

Versão impressa

de R$ 54,70* porR$ 49,23 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Julgamento de Otelo, O, Vieira Netto e Araújo Lima

Julgamento de Otelo, O

2ª EdiçãoVieira Netto e Araújo LimaISBN: 850362547-4Páginas: 80Publicado em: 05/01/2004

Versão impressa

de R$ 24,70* porR$ 22,23 Adicionar ao
carrinho