Psicologia e Desigualdade Social - Um Estudo sobre a Consciência Política de Beneficiários de Programas de Transferência de Renda

Antonio Euzébios Filho

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Antonio Euzébios Filho

ISBN: 978853623540-0

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 148

Publicado em: 08/11/2011

Área(s): Psicologia - Social

Sinopse

Esta obra buscou analisar aspectos da consciência de classe de beneficiários e cadastrados em programas de transferência de renda. Para tanto, tomou como ponto de partida fundamentos da psicologia crítica, de base marxista. A investigação foi desenvolvida em uma região de Campinas/SP, marcada pela desigualdade social. Nesse cenário, entramos em contato com as participantes, por meio de um projeto de extensão universitária. Foram realizadas entrevistas com oito mulheres entre 22 e 58 anos, sendo beneficiárias e cadastradas no Bolsa Família e Renda Cidadã (programa Federal e Estadual, respectivamente). Pela interpretação das entrevistas pudemos constatar que o sentimento de indignação está presente na consciência das participantes. É consenso que a vida não está fácil e que é preciso melhorá-la. Mas o grande desafio é transformar as ideias em ação. Para alcançarem melhores condições de vida – um emprego, uma casa, um salário melhor – as participantes tendem a priorizar a ação individual à ação coletiva. Envolveram-se em movimentos políticos, movidas pela afetividade. Em alguns momentos, as participantes são protagonistas, propõem e realizam ações políticas em suas comunidades. Em outros momentos aguardam, passivamente, o Estado garantir seus direitos. Esse movimento contraditório, entre o fatalismo e a reivindicação, é reforçado por uma confusão ideológica entre o que é considerado direito e favor. Assim, as participantes veem seus direitos serem retirados pelo Estado, mas entendem os benefícios como uma ajuda do governo.

Autor(es)

Antonio Euzébios Filho é Doutor e Mestre pelo programa de Pós-graduação em Psicologia da PUC/Campinas; Psicólogo formado pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Tem experiência na área da Educação, da Psicologia Escolar e Psicologia social e comunitária, atuando, principalmente, em contextos educativos e comunitários. Desenvolve atividades científicas no âmbito do grupo de pesquisa ‘Avaliação e Intervenção Psicossocial: Prevenção, Comunidade e Libertação’. É Professor universitário na área da Psicologia e do Serviço Social. Também atua em projetos sociais buscando aliar teoria à prática.

Sumário

Contextualizando a pesquisa: de onde partimos e aonde chegamos

Alguns apontamentos teóricos .

Produção e reprodução da realidade - Consciência "em si" e "para si" .

Do plano genérico ao singular - A constituição das individualidades. .

Do singular ao genérico - A constituição de uma consciência de classe "para s i"

Alienação e fatalismo - O impacto da desigualdade social sobre a consciência de si e dos outros

Política de transferência de renda e seu significado atual para a luta de classes no Brasil.

Considerações teórico-metodológicas .

Trajetórias de vida. .

A solitária chefe de família.

A cidadã sem renda. .

Mulher de luta.

Filha da luta.

A mulher duplamente oprimida.

A militante evangélica.

A mulher solitária na cidade grande.

A trabalhadora terceirizada.

As semelhanças e diferenças entre os discursos. .

Desigualdade social como ponto de partida.

Desigualdade social, consciência de si e sobre os utros

A busca de alternativas entre o plano particular e o genérico - As idas e vindas da consciência política.

Eu, nós e os outros - Afetividade e aproximação política .

O sentido dos programas de transferência de renda - O direito X a "ajuda". .

Ainda sobre os programas e o ciclo da pobreza.

Para finalizar, uma breve reflexão sobre gênero e as políticas de transferências de renda

Considerações finais .

Referências

Índice alfabético

A

  • Afetividade. Eu, nós e os outros. Afetividade e a proximação política
  • Ainda sobre os programas e o ciclo da pobreza.
  • Ajuda. Sentido dos programas de transferência derenda. O direito X a "ajuda". .
  • Alguns apontamentos teóricos .
  • Alienação e fatalismo. O impacto da desigualdade social sobre a consciência de si e dos outros
  • Alternativas. Busca de alternativas entre o plano particular e o genérico. As idas e vindas da consciência política.
  • Aproximação. Eu, nós e os outros. Afetividade e a proximação política

B

  • Busca de alternativas entre o plano particular e o genérico. As idas e vindas da consciência política.

C

  • Chefe de família. Solitária chefe de família.
  • Ciclo da pobreza. Ainda sobre os programas e o ci clo da pobreza.
  • Cidadã sem renda. .
  • Classe "para si". Singular ao genérico. A constit uição de uma consciência de classe "para si" .
  • Consciência de si. Alienação e fatalismo. O impacto da desigualdade social sobre a consciência de si e dos outros
  • Consciência dos outros. Alienação e fatalismo. O impacto da desigualdade social sobre a consciência de si e dos outros
  • Consciência política. Busca de alternativas entre o plano particular e o genérico. As idas e vindas da consciência política
  • Consciência. Alienação e fatalismo. O impacto da desigualdade social sobre a consciência de si e dos outros
  • Consciência de si. Desigualdade social, consciência de si e sobre os outros
  • Consciência "em si" e "para si". Produção e repro dução da realidade
  • Consciência sobre os outros. Desigualdade social, consciência de si e sobre os outros
  • Consciência. Singular ao genérico. A constituição de uma consciência de classe "para si" .
  • Considerações finais .
  • Considerações teórico-metodológicas .
  • Contextualizando a pesquisa: de onde partimos e a onde chegamos

D

  • Desigualdade social como ponto de partida. .
  • Desigualdade social, consciência de si e sobre os outros
  • Desigualdade social. Alienação e fatalismo. O imp acto da desigualdade social sobre a consciência de si e dos outros
  • Diferenças e semelhanças entre os discursos. .
  • Direito a "ajuda". Sentido dos programas de trans ferência de renda. O direito X a "ajuda". .
  • Discurso. Diferenças e semelhanças entre os discu rsos.

E

  • Eu, nós e os outros. Afetividade e aproximação po lítica

F

  • Fatalismo e alienação. O impacto da desigualdade social sobre a consciência de si e dos outros
  • Filha da luta. .

G

  • Gênero. Para finalizar, uma breve reflexão sobre gênero e as políticas de transferências de renda
  • Genérico. Plano genérico ao singular. A constituição das individualidades
  • Genérico. Singular ao genérico. A constituição de uma consciência de classe "para si" .

I

  • Idas. Busca de alternativas entre o plano particular e o genérico. As idas e vindas da consciência política.
  • Individualidade. Plano genérico ao singular. A constituição das individualidades

M

  • Metodologia. Considerações teórico-metodológicas
  • Militante evangélica.
  • Mulher de luta. .
  • Mulher duplamente oprimida. .
  • Mulher solitária na cidade grande.

N

  • Nós. Eu, nós e os outros. Afetividade e aproximaç ão política

O

  • Opressão. Mulher duplamente oprimida. .
  • Outros. Eu, nós e os outros. Afetividade e aproxi mação política

P

  • Para finalizar, uma breve reflexão sobre gênero e as políticas de transferências de renda
  • Pesquisa. Contextualizando a pesquisa: de onde partimos e aonde chegamos
  • Plano genérico ao singular. A constituição das in dividualidades
  • Plano genérico. Busca de alternativas entre o plano particular e o genérico. As idas e vindas da consciência política.
  • Plano particular. Busca de alternativas entre o p lano particular e o genérico. As idas e vindas da consciência política.
  • Pobreza. Ainda sobre os programas e o ciclo da po breza.
  • Política contra a pobreza. Contextualizando a pes quisa: de onde partimos e aonde chegamos
  • Política. Eu, nós e os outros. Afetividade e apro ximação política
  • Políticas de transferência de renda. Para finalizar, uma breve reflexão sobre gênero e as políticas de transferências de re nda
  • Produção e reprodução da realidade. Consciência " em si" e "para si"
  • Programa de transferência de renda. Sentido dos programas de transferência de renda. O direito X a "ajuda". .
  • Programa de transferência de renda. Ainda sobre os programas e o ciclo da pobreza.

R

  • Realidade. Produção e reprodução da realidade. Co nsciência "em si" e "para si" .
  • Referências
  • Renda. Para finalizar, uma breve reflexão sobre g ênero e as políticas de transferências de renda
  • Renda. Sentido dos programas de transferência derenda. O direito X a "ajuda". .
  • Reprodução da realidade. Produção e reprodução da realidade. Consciência "em si" e "para si" .

S

  • Semelhanças e diferenças entre os discursos. .
  • Sentido dos programas de transferência de renda.O direito X a "ajuda"
  • Singular ao genérico. A constituição de uma consc iência de classe "para si"
  • Singular. Plano genérico ao singular. A constituição das individualidades
  • Sociedade. Política de transferência de renda e seu significado atual para a luta de classes no Brasil.
  • Solitária chefe de família.

T

  • Teoria. Alguns apontamentos teóricos .
  • Teoria. Considerações teórico-metodológicas .
  • Trabalhadora terceirizada. .
  • Trajetória de vida. Cidadã sem renda. .
  • Trajetória de vida. Filha da luta. .
  • Trajetória de vida. Militante evangélica.
  • Trajetória de vida. Mulher de luta. .
  • Trajetória de vida. Mulher solitária na cidade grande.
  • Trajetória de vida. Solitária chefe de família.
  • Trajetória de vida. Trabalhadora terceirizada.
  • Trajetórias de vida. .
  • Transferência de renda. Para finalizar, uma breve reflexão sobre gênero e as políticas de transferências de renda
  • Transferência de renda. Sentido dos programas detransferência de renda. O direito X a "ajuda". .

V

  • Vida. Trajetórias de vida. .
  • Vindas. Busca de alternativas entre o plano parti cular e o genérico. As idas e vindas da consciência política.

Recomendações

Capa do livro: Violência Sexual Contra Meninos - Teoria e Intervenção, Jean Von Hohendorff, Luísa Fernanda Habigzang e Silvia Helena Koller

Violência Sexual Contra Meninos - Teoria e Intervenção

 Jean Von Hohendorff, Luísa Fernanda Habigzang e Silvia Helena KollerISBN: 978853624817-2Páginas: 138Publicado em: 15/09/2014

Versão impressa

R$ 39,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Agressividade - Uma Leitura Biopsicossocial, Coordenador: Gabriel Chittó Gauer

Agressividade - Uma Leitura Biopsicossocial

 Coordenador: Gabriel Chittó GauerISBN: 857394784-5Páginas: 190Publicado em: 19/06/2001

Versão impressa

R$ 49,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Liberdade Sexual Administrada, A - Contribuição à Crítica do Conformismo, Pedro Fernando da Silva

Liberdade Sexual Administrada, A - Contribuição à Crítica do Conformismo

 Pedro Fernando da SilvaISBN: 978853623025-2Páginas: 296Publicado em: 11/10/2010

Versão impressa

R$ 89,90Adicionar ao
carrinho