Perícia Contábil em Ações de Prestação de Contas - Com Ênfase nos Padrões de Contabilidade e Destaque para as Particularidades Jurídicas - 3ª Edição – Revista e Atualizada

Wilson Alberto Zappa Hoog

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Wilson Alberto Zappa Hoog
ISBN: 978853624654-3
Edição/Tiragem: 3ª Edição – Revista e Atualizada
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 200
Publicado em: 08/05/2014
Área(s): Contabilidade - Perícia e Auditoria
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

APLICAÇÃO DESSA OBRA NO MEIO PROFISSIONAL

Destina-se a quem tem o dever de prestar contas ou o direito de recebê-las. Recomenda-se a sua leitura para quem prepara as contas e para quem as analisa, como os peritos em contabilidade, advogados e magistrados, em decorrência da sua forte característica de aplicação prática e teórica, sendo indicada como um guia geral de fundamentações, quer seja pelo fator das características contábeis das contas, quer seja pelo fator da metodologia de argumentações jurídicas. Funciona como um referente doutrinário às fundamentações de pareceristas, advogados, analistas de balanços, peritos e professores.

É apontada também como um dos indicativos para a implantação de um programa de aperfeiçoamento ou desenvolvimento de programas de educação continuada para os profissionais do Direito e da Perícia Contábil.

Em decorrência de seu lastro na teoria pura da contabilidade, é indicada para o uso dos profissionais de consultoria que auxiliam os administradores de bens e direitos como uma base em preceito científico para a elaboração de pareceres, ou laudos.

APLICAÇÃO DESSA OBRA NO MEIO ACADÊMICO

Recomendamos esta obra como complementação para a disciplina de Perícia Contábil avançada nos cursos de pós-graduação, além de servir como leitura complementar quando da elaboração de artigos, monografias, dissertações e teses.

Serve também como livro de pesquisa para a disciplina de Estratégia e Planejamento Contabilístico nos cursos de pós-graduação, uma vez que desenvolve o raciocínio lógico contábil que se espera seja aplicado para as prestações de contas.

É recomendado, igualmente, como um manual específico de pesquisa e orientação científica aplicada às demandas que versam sobre prestações de contas.

AUTOR(ES)

Wilson Alberto Zappa Hoog é Mestre em Ciência Jurídica; especialista em Avaliação de Sociedades Empresárias; bacharel em Ciências Contábeis. É Perito-contador, auditor, consultor empresarial e palestrante. Professor doutrinador de Perícia Contábil, Direito Contábil e de Empresas em cursos de pós-graduação de várias instituições de ensino. Escritor e pesquisador de matéria contábil. Mentor intelectual do Método Zappa de Avaliação da Carteira de Clientes e do Método Holístico de Avaliação do Fundo Empresarial, antigo Fundo de Comércio, e do Método de Amortização a Juros Simples – MAJS. Sócio-fundador e administrador da Zappa Hoog e Cia SS. Membro da ACIN – Associação Científica Internacional Neopatrimonialista.

SUMÁRIO

Capítulo 1 - A AÇÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

1.1 Possíveis Tipos de Prestações de Contas .

1.2 Generalidades Sobre as Prestações de Contas .

1.3 Particularidades da Prestação de Contas de Admi nistrador de Sociedades Empresárias

1.3.1 Sistemas de Registros dos Atos e Fatos Patrimoniais

1.4 Particularidades da Prestação de Contas das Operações Bancárias

1.4.1 Contas Rejeitadas por Conterem o Anatocismo

1.4.2 Um Referente de Base para um Delineamento Geral da Ação de Prestação de Contas, em Operações com Instituiçõ es Financeiras

1.4.2.1 Dos fatos que norteiam o pedido de prestaçã o das contas

1.4.2.2 O objetivo da ação .

1.4.2.3 Do fumus boni iuris

1.4.2.4 Do periculum in mora

1.4.2.5 Um referente final para o pedido das contas quando o autor é o freguês da casa bancária

1.5 A Importância da Teoria Ultra Vires, Quando o Foco é a Fidelidade das Contas

1.6 A Amplitude da Análise Pericial das Contas da Administração de uma Pessoa Jurídica

1.7 Dever de Prestar as Contas

1.8 O Direito de Receber as Contas

1.9 Responsabilidades e o Dever de Indenizar

1.10 Responsabilidade do Contador pelas Contas

Capítulo 2 - ELEMENTOS E A FORMA DA APRESENTAÇÃO DA S CONTAS

2.1 Os Elementos que Compõem as Contas .

2.2 A Forma de Apresentação .

2.3 O Contraditório Técnico e a Ampla Defesa na Fase da Prova Pericial

Capítulo 3 - A PROVA PERICIAL CONTÁBIL NAS CONTAS

Capítulo 4 - PONDERAÇÕES SOBRE O PERITO E A PERÍCIA

4.1 O Perito em Contabilidade

4.2 As Diretrizes para a Elaboração de um Plano de Inspeção Judicial das Contas

4.3 O Sistema Básico das Diretrizes da Perícia Contábil

Capítulo 5 - AS CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA PURA DA CON - TABILIDADE GERAL PARA UMA CERTIFICAÇÃO CIENTÍFICA GERAL DO ESTADO DAS CONTAS

5.1 A Metodologia Oriunda da Teoria Pura da Contabilidade

Capítulo 6 - OS RELATÓRIOS PERICIAIS, LAUDO E PAREC ER

6.1 O Laudo Pericial

6.2 O Parecer Pericial

6.3 A Perícia Contábil, Segurança e Certeza

6.4 As Verificações Mais Comuns nas Prestações de C ontas

6.4.1 As Verificações mais Comuns nas Prestações de Contas das Pessoas Jurídicas

6.4.2 As Verificações mais Comuns nas Prestações de Contas que Envolvem Negócios com Instituições Financeiras

6.4.3 Reflexões Sobre a Taxa de Juro .

6.4.3.1 A situação do livre mercado e da livre conc orrência frente à prova irrefutável do oligopólio das instituições financeiras no mercado brasileiro .

6.4.3.2 A segurança e certeza contábil da ausênciada livre-iniciativa e livre concorrência e suas consequências

6.4.3.2.1 A concorrência pura ou perfeita, sentido e alcance

6.4.3.2.2 O índice Hirschman-Herfindahl

6.4.3.2.3 Dois enunciados sobre as taxas de juros e uma certificação .

6.4.4 As Verificações mais Comuns nas Prestações de Contas que Envolvem Advogados, Empregados e Prepostos

6.5 A Necessidade de se Estudar os Casos de Fraudes, Corrupção e Possíveis Patologias

Capítulo 7 - A VERDADE CIENTÍFICA EM UMA PROVA PERI CIAL CONTÁBIL À LUZ DA TEORIA PURA DA CONTABILIDADE

Capítulo 8 - CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Ação de prestação de contas .
  • Administração. Amplitude da análise pericial das contas da administração de uma pessoa jurídica
  • Administrador. Particularidades da prestação de c ontas de administrador de sociedades empresárias
  • Advogado. Verificações mais comuns nas prestações de contas que envolvem advogados, empregados e prepostos
  • Amplitude da análise pericial das contas da administração de uma pessoa jurídica
  • Análise pericial. Amplitude da análise pericial d as contas da administração de uma pessoa jurídica .
  • Anatocismo. Contas rejeitadas por conterem o anat ocismo
  • Apresentação de contas. Contraditório técnico e a ampla defesa na fase da prova pericial
  • Apresentação de contas. Elementos e a forma da ap resentação das contas

C

  • Certeza contábil. Segurança e certeza contábil da ausência da livre-iniciativa e livre concorrência e suas consequências
  • Certeza. Perícia contábil, segurança e certeza
  • Certificação científica. Contribuições da teoria pura da contabilidade para uma certificação científica geral do estado das con tas
  • Certificação. Dois enunciados sobre as taxas de j uros e uma certificação
  • Concorrência pura ou perfeita, sentido e alcance
  • Considerações finais .
  • Contabilidade. Perito em contabilidade .
  • Contador. Responsabilidade do contador pelas cont as
  • Contas rejeitadas por conterem o anatocismo.
  • Contas. Amplitude da análise pericial das contasda administração de uma pessoa jurídica
  • Contribuições da teoria pura da contabilidade par a uma certificação científica geral do estado das contas
  • Corrupção. Necessidade de se estudar os casos de fraudes, corrupção e possíveis patologias

D

  • Dever de indenizar. Responsabilidades e o dever d e indenizar
  • Dever de prestar as contas .
  • Direito de receber as contas .
  • Diretrizes da perícia contábil. Sistema básico
  • Diretrizes para a elaboração de um plano de inspe ção judicial das contas
  • Dois enunciados sobre as taxas de juros e uma cer tificação

E

  • Elementos e a forma da apresentação das contas .
  • Elementos que compõem as contas .
  • Empregado. Verificações mais comuns nas prestaçõe s de contas que envolvem advogados, empregados e prepostos
  • Enunciados. Dois enunciados sobre as taxas de jur os e uma certificação
  • Estado das contas. Contribuições da teoria pura d a contabilidade para uma certificação científica geral do estado das contas

F

  • Fidelidade das contas. Importância da teoria ultra vires, quando o foco é a fidelidade das contas
  • Forma e elementos da apresentação das contas .
  • Forma e apresentação das contas .
  • Fraude. Necessidade de se estudar os casos de fra udes, corrupção e possíveis patologias
  • Fumus boni iuris. Prestação de contas .

G

  • Generalidades sobre as prestações de contas .

H

  • Hirschman-Herfindahl. Índice .

I

  • Importância da teoria ultra vires, quando o foco é a fidelidade das contas
  • Indenização. Responsabilidades e o dever de inden izar
  • Índice Hirschman-Herfindahl .
  • Instituição financeiras. Prestação de contas. Ref erente de base para um delineamento geral da ação de prestação de contas, em operações com instituições financeiras .
  • Instituição financeira. Situação do livre mercado e da livre concorrência frente à prova irrefutável do oligopólio das instituições financeiras no mercado brasileiro
  • Instituição financeira. Verificações mais comuns nas prestações de contas que envolvem negócios com instituições financeiras

L

  • Laudo pericial .
  • Laudo. Relatórios periciais, laudo e parecer .
  • Livre concorrência. Segurança e certeza contábilda ausência da livre-iniciativa e livre concorrência e suas consequências
  • Livre concorrência. Situação do livre mercado e da livre concorrência frente à prova irrefutável do oligopólio das instituições financeiras no mercado brasileiro
  • Livre-iniciativa. Segurança e certeza contábil da ausência da livre-iniciativa e livre concorrência e suas consequências

M

  • Mercado. Situação do livre mercado e da livre con corrência frente à prova irrefutável do oligopólio das instituições financei ras no mercado brasileiro
  • Metodologia oriunda da teoria pura da contabilida de

N

  • Necessidade de se estudar os casos de fraudes, co rrupção e possíveis patologias
  • Negócios. Verificações mais comuns nas prestações de contas que envolvem negócios com instituições financeiras .

O

  • Oligopólio. Situação do livre mercado e da livre concorrência frente à prova irrefutável do oligopólio das instituições fi nanceiras no mercado brasileiro
  • Operações bancárias. Particularidades da prestaçã o de contas das operações bancárias

P

  • Parecer pericial .
  • Parecer. Relatórios periciais, laudo e parecer .
  • Particularidades da prestação de contas das opera ções bancárias
  • Particularidades da prestação de contas de admini strador de sociedades empresárias
  • Patologia. Necessidade de se estudar os casos de fraudes, corrupção e possíveis patologias
  • Perícia contábil, segurança e certeza
  • Perícia contábil. Sistema básico das diretrizes d a perícia contábil
  • Perícia. Laudo pericial .
  • Perícia. Parecer pericial .
  • Perícia. Ponderações sobre o perito e a perícia .
  • Perícia. Relatórios periciais, laudo e parecer .
  • Periculum in mora. Prestação de contas. .
  • Perito em contabilidade .
  • Perito. Ponderações sobre o perito e a perícia .
  • Pessoa jurídica. Amplitude da análise pericial das contas da administração de uma pessoa jurídica
  • Plano de inspeção judicial. Diretrizes para a ela boração de um plano de inspeção judicial das contas .
  • Ponderações sobre o perito e a perícia .
  • Possíveis tipos de prestações de contas .
  • Preposto. Verificações mais comuns nas prestações de contas que envolvem advogados, empregados e prepostos
  • Prestação de contas. Ação de prestação de contas
  • Prestação de contas. Contas rejeitadas por conter em o anatocismo
  • Prestação de contas. Dever de prestar as contas .
  • Prestação de contas. Direito de receber as contas
  • Prestação de contas. Diretrizes para a elaboração de um plano de inspeção judicial das contas. 100 Prestação de contas. Dos fatos que norteiam o pedi do de prestação das contas
  • Prestação de contas. Elementos que compõem as con tas
  • Prestação de contas. Forma de apresentação .
  • Prestação de contas . Fumus boni iuris.
  • Prestação de contas. Generalidades .
  • Prestação de contas. Particularidades da prestaçã o de contas das operações bancárias
  • Prestação de contas. Particularidades da prestaçã o de contas de administrador de sociedades empresárias
  • Prestação de contas . Periculum in mora.
  • Prestação de contas. Pessoa jurídica. Verificaçõe s mais comuns nas prestações de contas das pessoas jurídicas .
  • Prestação de contas. Possíveis tipos .
  • Prestação de contas. Prova pericial contábil nas contas
  • Prestação de contas. Referente de base para um de lineamento geral da ação de prestação de contas, em operações com insti tuições financeiras
  • Prestação de contas. Responsabilidade do contador pelas contas
  • Prestação de contas. Um referente final para o pe dido das contas quando o autor é o freguês da casa bancária
  • Prestação de contas. Verificações mais comuns nas prestações de contas que envolvem advogados, empregados e prepostos
  • Prestação de contas. Verificações mais comuns nas prestações de contas que envolvem negócios com instituições financeiras
  • Prestação de contas. Verificações mais comuns nas prestações de contas
  • Prova pericial contábil nas contas
  • Prova pericial contábil. Verdade científica em uma prova pericial contábil à luz da teoria pura da contabilidade .

R

  • Referências
  • Reflexões sobre a taxa de juro .
  • Relatórios periciais, laudo e parecer .
  • Responsabilidade do contador pelas contas .
  • Responsabilidades e o dever de indenizar .

S

  • Segurança e certeza contábil da ausência da livre -iniciativa e livre concorrência e suas consequências
  • Segurança. Perícia contábil, segurança e certeza
  • Sistema básico das diretrizes da perícia contábil
  • Sistemas de registros dos atos e fatos patrimonia is
  • Situação do livre mercado e da livre concorrência frente à prova irrefutável do oligopólio das instituições financeiras no m ercado brasileiro
  • Sociedade empresária. Particularidades da prestação de contas de administrador de sociedades empresárias

T

  • Taxa de juros. Dois enunciados sobre as taxas de juros e uma certificação
  • Taxa de juros. Reflexões sobre a taxa de juro .
  • Teoria pura da contabilidade. Contribuições da te oria pura da contabilidade para uma certificação científica geral do estado das contas
  • Teoria pura da contabilidade. Verdade científica em uma prova pericial contábil à luz da teoria pura da contabilidade
  • Teoria ultra vires. Importância da teoria ultra vires, quando o foco é a fidelidade das contas

V

  • Verdade científica em uma prova pericial contábil à luz da teoria pura da contabilidade
  • Verificações mais comuns nas prestações de contas que envolvem advogados, empregados e prepostos
  • Verificações mais comuns nas prestações de contas que envolvem negócios com instituições financeiras .
  • Verificações mais comuns nas prestações de contas das pessoas jurídicas
  • Verificações mais comuns nas prestações de contas
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: