Linguagem Como Expressão do Corpo - O Significado do Falante à Luz da Fenomenologia de Merleau-Ponty

Daniel Cardozo Severo

Leia na Biblioteca Virtual
de: R$ 39,90 * por
* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Daniel Cardozo Severo
ISBN: 978853624816-5
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 126
Publicado em: 11/09/2014
Área(s): Psicologia - Fenomenologia; Psicologia - Diversos; Filosofia
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Falamos cotidianamente. Comunicamo-nos com os outros. Somos quase sempre compreendidos. No entanto, não percebemos que esse ato ordinário é motivo de tanta reflexão filosófica e científica. Se buscarmos na história do pensamento, veremos que a linguagem é um assunto sempre debatido pelos grandes pensadores.

Este livro tem como objetivo central compreender o lugar da linguagem como uma das formas de expressão do corpo. Comumente considera-se a linguagem como o reflexo ou representante de algo ou objeto. Essa concepção perpassa uma longa tradição de pensamento que vem de Platão até os dias atuais e que contamina a visão de nossa ciência atual. Há milênios se discute sua natureza e sua função. Várias conclusões e abordagens sobre esse tema já foram criadas, revistas e criticadas.

Objetivou-se neste trabalho o resgate dessa importância da linguagem visando discutir sua concepção dominante e atual, tanto na filosofia quanto na ciência, propondo uma origem diferente da utilizada, ou seja, partimos da nossa existência e experiência. Discutir uma perspectiva diferente da concepção que comumente é adotada pelo pensamento filosófico e pelo saber científico.

AUTOR(ES)

Daniel Cardozo Severo

Mestre em Filosofia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP na linha de pesquisa Metafísica e Linguagem. Graduado em Psicologia pela Universidade de Taubaté - UNITAU e em Filosofia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP. Formou-se em Psicanálise pelo Centro de Estudos Psicanalíticos - CEP. Atualmente é professor no ensino superior e atua em seu consultório particular.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

Capítulo 1 - SUJEITO FALANTE

Capítulo 2 - A ESSÊNCIA DA FALA: O GESTO

2.1 A Crítica à Psicologia do Movimento .

2.2 Intencionalidade do Corpo

2.3 Experiência do Sentido

2.4 O Movimento

Capítulo 3 - O CORPO COMO FALA E EXPRESSÃO

3.1 A Teoria da Afasia e a Linguagem

3.2 O Parentesco Entre as Psicologias

3.3 A Palavra com Sentido: a Importância da Intersubjetividade

3.4 A Linguagem e o Pensamento não se Instituem Antes da Fala

3.5 A Fala é um Gesto, sua Significação, um Mundo

3.6 O Pensamento Entre os Fenômenos de Expressão .

3.7 A Base do Edifício da Linguagem

CONCLUSÃO

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Afasia . Teoria da Afasia e a Linguagem .

B

  • Base do edifício da linguagem .

C

  • Conclusão .
  • Corpo como fala e expressão .
  • Corpo . Intencionalidade do corpo .
  • Crítica à psicologia do movimento .

E

  • Essência da fala: o gesto
  • Experiência do sentido
  • Expressão . Corpo como fala e expressão .
  • Expressão . Pensamento entre os fenômenos de expre ssão

F

  • Fala é um gesto, sua significação, um mundo .
  • Fala . Corpo como fala e expressão .
  • Fala . Essência da fala: o gesto
  • Fala . Linguagem e o pensamento não se instituem a ntes da fala
  • Fala . Sujeito falante .
  • Fenômenos de expressão . Pensamento entre os fenôm enos de expressão

G

  • Gesto . Essência da fala: o gesto
  • Gesto . Fala é um gesto, sua significação, um mund o

I

  • Intencionalidade do corpo .
  • Intersubjetividade . Palavra com sentido: a import ância da intersubjetivi - dade
  • Introdução .

L

  • Linguagem e o pensamento não se instituem antes d a fala
  • Linguagem . Base do edifício da linguagem .
  • Linguagem . Teoria da Afasia e a Linguagem .

M

  • Movimento .
  • Mundo . Fala é um gesto, sua significação, um mund o

P

  • Palavra com sentido: a importância da intersubjet ividade
  • Parentesco entre as psicologias .
  • Pensamento entre os fenômenos de expressão .
  • Pensamento . Linguagem e o pensamento não se insti tuem antes da fala
  • Psicologia do movimento . Crítica à psicologia do movimento
  • Psicologia . Parentesco entre as psicologias .

R

  • Referências

S

  • Sentido . Experiência do sentido
  • Sentido . Palavra com sentido: a importância da in tersubjetividade
  • Significação . Fala é um gesto, sua significação, um mundo
  • Sujeito falante .

T

  • Teoria da Afasia e a Linguagem .
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: