Dores da Adoção, As

Luiz Schettini Filho

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Versão digital

Disponível para:AndroidiOSWindows Phone

Ficha técnica

Autor(es): Luiz Schettini Filho

ISBN v. impressa: 978853626849-1

ISBN v. digital: 978853626927-6

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 80

Publicado em: 23/05/2017

Área(s): Literatura e Cultura - Adoção; Psicologia - Família e Adoção

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS, Android ou Windows Phone;

Disponível para as plataformas:

  • Android Android Android 4 ou posterior
  • iOSiOS iOS 7 ou posterior
  • Windows Phone Windows Phone Windows Phone 8 ou posterior

Não compatível para leitura em computadores;
Não permite a impressão do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

A adoção de filhos não se restringe ao estabelecimento de um vínculo de filiação ao se utilizar da geração biológica de outras pessoas. Todos os filhos, independentemente de sua ligação biológica, precisam ser adotados afetivamente para se tornarem filhos reais. Dessa forma, os filhos nos dão prazeres e, às vezes, são causa de angústias e sofrimentos que, neste livro, são descritos como dores, que começam com as mães que geram e, por qualquer razão, não podem ou não querem ficar com seus filhos.

A adoção de crianças e adolescentes não está isenta de dificuldades no processo de convivência com eles, mesmo que seja motivo de satisfação intensa, tanto para os pais quanto para os filhos.

A romantização da adoção de filhos não elimina as dores resultantes das singularidades das pessoas que convivem em uma relação familiar. Tais dores, entretanto, não invalidam o vínculo afetivo que se consolida através da adoção.

Este livro mostra que, existindo dores, será possível conviver com elas ou, ainda, superá-las pela ligação afetiva que se constrói através da possibilidade do amor incondicional. É, certamente, por essa razão que o autor conclui que “os nossos amores são também as nossas dores”.

Autor(es)

LUIZ SCHETTINI FILHO
Psicólogo Clínico, Filósofo, Teólogo, Professor de Psicologia da Infância e da Adolescência. Autor de 22 livros sobre Psicologia da Educação e Relações Interpessoais. Palestrante no Brasil e no Exterior.

Sumário

Por que falar de dor?

Os pais de origem - O parto

O biológico e o ambiental

O respeito à dor do abandono

A negação da origem

O luto

O abandono

A perda da convivência parental de origem

As dores do parto

Quem doa e quem recebe

O filho adotivo - A partida

A partida

A preparação pessoal

Os cuidados necessários

O novo apego afetivo

A adoção de crianças de mais idade

O conhecimento de si mesmo

O medo de não atender às expectativas

A ameaça das diferenças

Explicação e exemplificação

A dificuldade de aceitar a aceitação

A rejeição e o tempo

Os pais adotivos - A chegada

A dor de não sentir dor

O preconceito

Imposição e exposição

A garantia do amor

Comunicação tátil

A convivência amorosa

A resistência

O desejo de desvendar a origem

A resiliência

Substituição desnecessária

O inesperado

A substituição

Gravidez após a adoção

Filiação biológica e afetiva

Contar ou não contar

Esperanças e expectativas

O dito e o não dito

A espera

O filho e sua atualidade

A família extensa - A travessia

A semelhança física

A herança como empecilho

A descendência

A diferença genética

Os nossos amores são também as nossas dores - Os desejos

A superação

A antecipação

Filhos especiais

Rupturas e suturas

Vínculos biológicos

Referências

Índice alfabético

A

  • Abandono
  • Abandono. Respeito à dor do abandono
  • Aceitação. Dificuldade de aceitar a aceitação
  • Adoção de crianças de mais idade
  • Adoção. Contar ou não contar
  • Adoção. Filho adotivo - A partida
  • Adoção. Gravidez após a adoção
  • Adoção. Pais adotivos - A chegada
  • Afetividade. Filiação biológica e afetiva
  • Afetividade. O novo apego afetivo
  • Ambiental. O biológico e o ambiental
  • Ameaça das diferenças
  • Amor. Convivência amorosa
  • Amor. Garantia do amor
  • Amores. Os nossos amores são também as nossas dores - Os desejos
  • Antecipação
  • Apego. O novo apego afetivo

B

  • Biológico e o ambiental

C

  • Chegada. Pais adotivos - A chegada
  • Comunicação tátil
  • Conhecimento de si mesmo
  • Contar ou não contar
  • Convivência amorosa
  • Convivência parental. Perda da convivência parental de origem
  • Crianças de mais idade. Adoção de crianças de mais idade
  • Cuidados necessários

D

  • Descendência
  • Desejo de desvendar a origem
  • Desejos. Os nossos amores são também as nossas dores - Os desejos
  • Diferença genética
  • Diferenças. Ameaça das diferenças
  • Dificuldade de aceitar a aceitação
  • Dito e o não dito
  • Doação. Quem doa e quem recebe
  • Dor de não sentir dor
  • Dor do abandono. Respeito à dor do abandono
  • Dor. Por que falar de dor?
  • Dores do parto
  • Dores. Os nossos amores são também as nossas dores - Os desejos

E

  • Empecilho. Herança como empecilho
  • Espera
  • Esperanças e expectativas
  • Exemplificação. Explicação e exemplificação
  • Expectativa. Medo de não atender às expectativas
  • Explicação e exemplificação
  • Exposição. Imposição e exposição

F

  • Família extensa - A travessia
  • Filho adotivo - A partida
  • Filho e sua atualidade
  • Filhos especiais
  • Filiação biológica e afetiva

G

  • Garantia do amor
  • Genética. Diferença genética
  • Gravidez após a adoção

H

  • Herança como empecilho

I

  • Imposição e exposição
  • Inesperado

L

  • Luto

M

  • Medo de não atender às expectativas

N

  • Negação da origem

O

  • Origem. Desejo de desvendar a origem
  • Origem. Negação da origem
  • Origem. Perda da convivência parental de origem
  • Os pais de origem - O parto

P

  • Pais adotivos - A chegada
  • Pais. Os pais de origem - O parto
  • Partida
  • Partida. Filho adotivo - A partida
  • Parto. Dores do parto
  • Parto. O biológico e o ambiental
  • Parto. Os pais de origem - O parto
  • Perda da convivência parental de origem
  • Por que falar de dor?
  • Preconceito
  • Preparação pessoal

Q

  • Quem doa e quem recebe

R

  • Recebimento. Quem doa e quem recebe
  • Referências
  • Rejeição e o tempo
  • Resiliência
  • Resistência
  • Respeito à dor do abandono
  • Rupturas e suturas

S

  • Semelhança física
  • Substituição
  • Substituição desnecessária
  • Superação
  • Suturas. Rupturas e suturas

T

  • Tempo. Rejeição e o tempo
  • Travessia. Família extensa - A travessia

V

  • Vínculos biológicos

Recomendações

Capa do livro: Adoção Tardia – Devolução ou Desistência de um Filho?, Hália Pauliv de Souza

Adoção Tardia – Devolução ou Desistência de um Filho?

 Hália Pauliv de SouzaISBN: 978853623934-7Páginas: 138Publicado em: 12/09/2012

Versão impressa

R$ 39,90Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 27,70Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Nova Lei da Adoção, Thandra Pessoa de Sena

Nova Lei da Adoção

 Thandra Pessoa de SenaISBN: 978853625371-8Páginas: 152Publicado em: 03/09/2015

Versão impressa

R$ 47,70Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 34,70Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Pai e Mãe de Verdade, Guilherme Lima Moura e Cintia Andrade Moura

Pai e Mãe de Verdade

 Guilherme Lima Moura e Cintia Andrade MouraISBN: 978853624849-3Páginas: 102Publicado em: 08/10/2014

Versão impressa

R$ 29,90Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 19,90Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Avós no Século XXI, Andréia Ribeiro Cardoso

Avós no Século XXI

 Andréia Ribeiro CardosoISBN: 978853623481-6Páginas: 254Publicado em: 19/09/2011

Versão impressa

R$ 77,70Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 54,70Adicionar eBook
ao carrinho