Guerra dos Judeus - Livro I

Flávio Josefo - Tradução e Adaptação A. C. Godoy

Leia na Biblioteca Virtual
Versão Impressa:
Versão Digital (e-Book):
Disponível para:  Android  iOS  Windows Phone
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Flávio Josefo - Tradução e Adaptação A. C. Godoy
ISBN v. Impressa: 857394978-3
ISBN v. Digital: 978853625275-9
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 140
Publicado em: 17/01/2002
Área(s): Literatura e Cultura - Política, História e Filosofia
VERSÃO DIGITAL (E-BOOK)
  • Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS, Android ou Windows Phone;
  • Disponível para as plataformas:
    Android Android 4 ou posterior
    iOS iOS 7 ou posterior
    Windows Phone Windows Phone 8 ou posterior
  • Não compatível para leitura em computadores;
  • Compra apenas via site da Juruá Editora.
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Flavius Josephus, em hebraico: Lossef ben Matitahu ha-Cohen, nasceu em 37 E.C. (Era Comum), e faleceu por volta do ano 100 E.C. Nascido em Jerusalém e de família sacerdotal, foi criado na melhor tradição judaica, recebendo boa educação, para os padrões da época. Segundo sua autobiografia, seu conhecimento era minucioso quanto aos ensinamentos nos textos tradicionais da Torá, sendo que mais tarde, Josefo procurou, por iniciativa própria, os ensinamentos dos saduceus, fariseus e essênios, optando por ter sua verdadeira iniciação vivendo, na qualidade de discípulo, durante três anos no deserto, alimentando-se de frutas e lavando-se com água fria várias vezes ao dia e à noite para purificar o espírito.

Ainda jovem, chegou a ser um dos líderes do reduzido exército que se rebelou contra os invasores romanos. Depois da derrota, entregou-se aos romanos, caindo nas graças de Vespasiano – comandante das legiões romanas – ao profetizar que este se tornaria imperador. Como sua profecia se confirmou, ele tornou-se protegido do imperador romano, recebeu o título de cidadão e foi nomeado Flávio, o nome da dinastia romana dominante na época. Flavius Lossef – Flávio Josefo, como é conhecido hoje – passou a residir em Roma e escreveu algumas obras históricas, entre elas “A Guerra dos Judeus”, “Antiguidades Judaicas” e “Antiguidades dos Judeus - Contra Apion”. Terminou seus dias em Roma, onde, como testemunha ocular, dedicou-se à história da catástrofe nacional, a destruição do Segundo Templo, despovoamento da Judeia e a saga monumental de uma nação vencida, mas altiva, que tem para si a Antiguidade, e, portanto, a nobreza.

SUMÁRIO

Tomada de Jerusalém por Antíoco IV - Epífanes

Matias, Judas, Jonatan e Simão Macabeu

João Hircano

Aristóbulo

Alexandre Janeo

A Rainha Alexandra

A Rivalidade entre Aristóbulo e Hircano

Invasão de Pompeu

Revolta de Alexandre. Governo de Gabínio, Craso e Cásio

Julio César e Antípatro

César intervém no conflito entre Antípatro e Antígono. Triunfo de Antípatro

Herodes, governador da Galiléia.

Guerra civil no Império. Cásio na Síria

Morte de Antípatro. Vingança de Herodes

Embaixada judia diante de Marco Antônio. Herodes e Fasael, tetrarcas da Judéia

Os partos invadem a Síria e reconduzem Antígono ao trono

Fuga de Herodes. Em Roma o Senado o nomeia Rei dos Judeus

Antígono ataca Massada

Herodes de novo na Palestina: Massada, Jope e Jerusalém

Campanha de Herodes na Iduméia e na Galiléia

Morte de José, irmão de Herodes

Herodes em Jericó. Cerco de Jerusalém.

Assassinato de Antígono. Intrigas de Cleópatra

Guerra de Herodes contra os árabes

Depois da batalha de Ácio, Augusto César confirma Herodes no trono. Novos territórios

Herodes reconstrói o Templo de Jerusalém. Sua atividade benfeitora em outras cidades.

Os dramas da família herodiana.

Intrigas dos filhos de Mariamme. Mediação de Augusto

Herodes diante de Arquelau. Discurso ao povo.

Planos na corte. Rivalidade entre os filhos de Herodes

Chegada de Arquelau para promover a reconciliação

Presença de Euricles na corte

O tribunal de Berito. A condenação de Aristóbulo e Alexandre

Impopularidade de Antípatro. A descendência de Herodes

Conjuração na corte e em Roma

Envenenamento de Ferora. A descoberta da conspiração contra Herodes.

Antípatro regressaà Judéia

Juízo de Herodes contra Antípatro.

Herodes adoece e muda seu testamento.

O sucesso da águia de ouro no Templo.

Agrava-se a enfermidade de Herodes. A execução de Antípatro

Morte de Herodes. Arquelau é proclamado rei

INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: