O Horizonte Regional do Brasil - Integração e Construção da América do Sul - Coleção Relações Internacionais

Leandro Freitas Couto

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Leandro Freitas Couto

ISBN: 978853622548-7

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 180

Publicado em: 20/07/2009

Área(s): Direito Internacional; Direito - Outros

Sinopse

O horizonte regional do Brasil evoluiu ao longo de sua história, tendo apenas recentemente se circunscrito à América do Sul. O Brasil já foi americano, latino-americano e agora tenta cunhar a “sul-americanidade” na sua identidade internacional. Essa opção pela América do Sul, bastante presente nos discursos oficiais, é respaldada por uma séria de ações que operacionalizam a retórica diplomática e vão além da esfera econômico-comercial. A estratégia brasileira, mais do que integrar-se à América do Sul, é de integrar a América do Sul, construir um espaço coeso sul-americano. Para tanto, lança mão de uma série de iniciativas nas áreas de educação, saúde, cultura, infra-estrutura, comércio, defesa que revelam um projeto brasileiro para a região, de integração da América do Sul e construção de um bloco regional coeso, fazendo com que a região passe a fazer sentido para além da sua abrangência geofísica.

Coleção Relações Internacionais

A expansão do ensino de relações internacionais, nos níveis de graduação e pós-graduação, tem sido exponencial nos últimos anos.
A Coleção Relações Internacionais, lançamento da Juruá Editora, tem o propósito de prover estudantes, professores e profissionais da área com o conhecimento que resulta da expansão das pesquisas nas Universidades brasileiras.
O apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-CNPq, por meio do projeto integrado de pesquisa
“Parcerias Estratégicas do Brasil: a construção do conceito e as experiências em curso”, financiado com recursos do Edital Renato Archer de fomento do estudo das relações internacionais e sediado na Universidade de Brasília, encontra-se na origem dessa iniciativa.
A Coleção Relações Internacionais reúne estudos originais resultantes de dissertações e teses selecionadas, em razão de sua originalidade e relevância, nas Universidades que mantêm programas de pós-graduação, bem como obras coletivas ou individuais especialmente focadas nas parcerias operadas pelo Brasil junto a países europeus e emergentes, objetos a que se volta o Renato Archer da UnB.
Em razão do elevado número de lançamentos que a Coleção programou, pretende ser ela instrumento indispensável a todos os que manuseiam o conhecimento atualizado das relações internacionais, seja com o propósito acadêmico, seja com o fim de tomar decisões nas esferas política e social, pública e privada, que engendram o modelo brasileiro de inserção internacional e sua dinâmica operacional.
O espírito que norteia as publicações da Coleção coincide com o espírito de isenção, objetividade, clareza e funcionalidade que preside os estudos nas Universidades. Desse modo, põe-se o conhecimento a serviço dos atores que dele fazem uso para equipar-se de expertise com que possam alcançar interesses externos da nação ou de seus segmentos sociais, bem como reagir e equilibrar-se diante de interesses que outros países buscam realizar no Brasil.
 

Autor(es)

Leandro Freitas Couto é Mestre em Relações Internacionais na Universidade de Brasília; Analista de planejamento e orçamento do Ministério do Planejamento, tendo trabalhado diretamente com os temas de planejamento territorial e integração física sul-americana; graduado em Relações Internacionais na Universidade de Brasília. Atualmente, o autor continua pesquisando a integração regional e a política externa brasileira para a América do Sul vinculado ao programa de pós-graduação do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília, onde desenvolve sua tese de doutorado.

Sumário

INTRODUÇÃO

Capítulo 1 - AS REFERÊNCIAS REGIONAIS DA IDENTIDADE INTERNACIONAL DO BRASIL

1.1 O Brasil e o pan-americanismo

1.2 O encontro com a América Latina

1.3 A CASA Sul-Americana

1.4 Quem sois, afinal?

Capítulo 2 - AS FERRAMENTAS DE AFIRMAÇÃO DA SUL-AMERICANIDADE BRASILEIRA

2.1 Área de Livre-Comércio da América do Sul - Alcsa

2.2 Reuniões de Presidentes da América do Sul

2.3 A sequência da Reunião de Brasília: o nascimento da Comunidade Sul-Americana de Nações

2.4 De CASA para Unasul - a Declaração de Cochabamba e nova União Sul-Americana de Nações

2.5 Iniciativa para a Integração da Infraestrutura Regional Sul-Americana - IIRSA

2.5.1 Seleção de Projetos

2.5.2 A IIRSA nas primeiras luzes do governo Lula

2.5.3 A IIRSA como instrumento da política exterior do governo Lula

2.5.4 Últimos Avanços

2.6 Programa de Substituição Competitiva de Importações - PSCI

2.7 Programa Sul-Americano de Apoio às atividades de Cooperação e em Ciência e Tecnologia - Prosul

2.8 Os reflexos sobre as estrategias de seguranca

2.9 Ampliação da Agenda Integracionista: a construção do Bloco SulAmericano

Capítulo 3 - QUE AMÉRICA DO SUL?

3.1 O Cenário Intrarregional

3.2 Dimensão econômica

3.3 Setor social

3.4 Fluxos intrarregionais

3.5 Os olhares acerca da construção das regiões e o lugar da América do Sul

CONCLUSÃO

REFERÊNCIAS

Recomendações

Capa do livro: Guerra & Cooperação Internacional, Paulo Emílio Vauthier Borges de Macedo

Guerra & Cooperação Internacional

 Paulo Emílio Vauthier Borges de MacedoISBN: 853620270-XPáginas: 194Publicado em: 04/11/2002

Versão impressa

R$ 59,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Constituição Européia, A - Uma Perspectiva Crítica, Paulo de Pitta e Cunha
Doutrina Estrangeira

Constituição Européia, A - Uma Perspectiva Crítica

 Paulo de Pitta e CunhaISBN: 853621253-5Páginas: 240Publicado em: 02/05/2006

Versão impressa

R$ 69,90Adicionar ao
carrinho