Clínica Psicodinâmica do Trabalho – O Sujeito em Ação - Biblioteca Juruá de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho

Ana Magnólia Mendes/Luciane Kozicz Reis Araujo

Leia na Biblioteca Virtual
de: R$ 47,70 * por
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Ana Magnólia Mendes/Luciane Kozicz Reis Araujo
ISBN: 978853623829-6
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 156
Publicado em: 04/07/2012
Área(s): Psicologia - Organizacional e do Trabalho
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Este livro contribui para a qualificação das práticas em clínica psicodinâmica do trabalho. A leitura permite um encontro com o sofrimento do outro, e, deste modo, mobiliza o desejo de contribuir com a luta pela saúde mental. A obra denuncia a perversão dos novos modelos de gestão e seus efeitos sobre a saúde do trabalhador, que tem vivido o desamparo e a solidão, originados das promessas da gestão pautada na qualidade total, na ideologia da excelência e na lógica produtivista. O massacre vivenciado pelos trabalhadores ganha voz, ao longo dos capítulos, por meio do espaço público de discussão que a clínica permite.

Leitura essencial a pesquisadores, professores, estudantes, sindicalistas e profissionais de saúde e de gestão que, de modo científico, político e ético, buscam caminhos para transformar os modos de trabalho prejudiciais à subjetividade e a saúde do trabalhador.
 

AUTOR(ES)

Ana Magnólia Mendes  é Professora do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações - PSTO do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília (UnB); Pós-Doutorado em Psicodinâmica do Trabalho no Conservatoire National des Arts et Métiers (CNAM), Paris; Doutorado em Psicologia pela UnB e sanduíche na Universidade de Bath, Inglaterra; Mestrado e Graduação em Psicologia. É pesquisadora do CNPq desde 1996 e Coordenadora do Laboratório de Psicodinâmica e Clinica do Trabalho - LPCT.
Site: www.lpct.com.br;
e-mail: anamag@unb.br

Luciane Kozicz Reis Araujo é  Psicóloga, pesquisadora do Laboratório de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho da Universidade de Brasília (UnB). Coordenou o Grupo de Estudos e Pesquisas em Saúde e Trabalho no período de 2008 a 2011. Experiência em Clínica do Trabalho em órgãos do Governo Federal, sindicatos e empresas privadas. Atualmente é Subsecretária da Saúde, Segurança e Previdência dos Servidores do Governo do Distrito Federal.
E-mail: lukrar@terra.com.br

PORQUE COMPRAR

Este é o primeiro lançamento da Biblioteca Juruá de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho.

O propósito da Coleção é construir um espaço de produção do conhecimento no campo da psicodinâmica e clínica do trabalho, e contribuir com o debate teórico-metodológico acerca dos estudos atuais dos processos psicodinâmicos do trabalhar, das vivências de prazer e sofrimento, da subjetivação e suas articulações com a saúde mental.

A intenção é divulgar e incentivar práticas e pesquisas brasileiras e de outros países, contribuindo para formação acadêmica e para disseminar, aprofundar e ampliar as temáticas tratadas pela psicodinâmica do trabalho, como a mobilização subjetiva, estratégias defensivas, inteligência prática, espaço público de discussão, coletivo de trabalho e reconhecimento.

O desejo é criar um espaço democrático, de troca de saberes e experiências, que patrocine o debate de ideias, provoque discordâncias, transgressões, afetos, mobilização, de modo a ampliar o espaço coletivo de discussão e deliberação sobre a teoria, o método e as práticas em psicodinâmica e clínica do trabalho.

Ana Magnólia Mendes
Coordenadora da Biblioteca Juruá de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho

SUMÁRIO

Capítulo 1 - O SUJEITO EM AÇÃO: DIÁLOGOS ENTRE A PSICODINÂMICA DO TRABALHO E A PSICANÁLISE

Trajetória teórica da clínica do trabalho e da ação dejouriana

Contribuições dos escritos de Freud

Contribuições da Psicanálise para uma clínica psicodinâmica do trabalho

Para finalizar

Capítulo 2 - OS DISPOSITIVOS CLÍNICOS PARA ESCUTA QUALIFICADA

A metodologia em Psicodinâmica do Trabalho

Dispositivos para a clínicapsicodinâmica do trabalho

Condições para fazer a clínica

Análise Clínica doTrabalho - ACT

Capítulo 3 - A EXPRESSÃO DOS COLETIVOS DE TRABALHO: A CLÍNICA EM INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS

A clínica da cooperação no CAPS

Análise clínicado trabalho

Análise dos dispositivos clínicos

Análise da psicodinâmica do trabalho

Análise da mobilização docoletivo de trabalho

A clínica da cooperação em uma Associação de catadores de material reciclável

Clínica das patologias

A clínica no Sindicato dos Professores do Distrito Federal

Análise clínicado trabalho

Análise dos dispositivos clínicos

Análise da psicodinâmica do trabalho

Análise da mobilização docoletivo de trabalho

Para finalizar

Capítulo 4 - A CLÍNICA DA COOPERAÇÃO: PRÁTICAS EM EMPRESA PÚBLICA E PRIVADA

A prática na empresa pública

Análise clínicado trabalho

Análise dos dispositivos clínicos

Análise da psicodinâmica do trabalho

Análise da mobilização docoletivo de trabalho

A prática na empresa privada

Análise clínica do trabalho

Análise dos dispositivos clínicos

A psicodinâmica do trabalho

Análise da mobilização docoletivo de trabalho

Para finalizar

Capítulo 5 - A CLÍNICA DAS PATOLOGIAS: A VOZ DOS BANCÁRIOS

Questões conceituais

Questões metodológicas

Análise dos dispositivos clínicos

Análise da psicodinâmica do trabalho

Análise clínica da mobilizaçãodo coletivo de trabalho

Para finalizar

Capítulo 6 - CONDIÇÕES INSTITUCIONAIS, POLÍTICAS E ÉTICAS PARA PRÁTICA CLÍNICA

APÊNDICE

Inventário de Riscos de Sofrimento Patogênico no Trabalho - IRST

Processo de validação

Estrutura do Inventário

Inventário de Riscos de Sofrimento Patogênico no Trabalho - IRIS

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Ação dejouriana. Trajetória teórica da clínica do trabalho e da ação dejouriana
  • Análise Clínica doTrabalho - ACT
  • Análise clínicado trabalho
  • Análise clínicado trabalho
  • Análise clínicado trabalho
  • Análise clínica do trabalho
  • Análise da mobilização docoletivo de trabalho
  • Análise da mobilização docoletivo de trabalho
  • Análise da mobilização docoletivo de trabalho
  • Análise da psicodinâmica do trabalho
  • Análise da psicodinâmica do trabalho
  • Análise dos dispositivos clínicos
  • Análise dos dispositivos clínicos
  • Análise dos dispositivos clínicos
  • Apêndice. Inventário de Riscos de Sofrimento Patogênico no Trabalho - IRST

C

  • CAPS. Clínica dacooperação no CAPS
  • Clínica da cooperação em uma Associação de catadores de material reciclável
  • Clínica da cooperação no CAPS
  • Clínica da cooperação: práticas em empresa pública e privada
  • Clínica da cooperação: práticas em empresa pública e privada. Para finalizar
  • Clínica das patologias. Análise clínica da mobilização do coletivo de trabalho
  • Clínica das patologias. Análise da psicodinâmica do trabalho
  • Clínica das patologias. Análisedos dispositivos clínicos
  • Clínica das patologias. Para finalizar
  • Clínica das patologias
  • Clínica das patologias. Questões conceituais
  • Clínica das patologias. Questões metodológicas
  • Clínica das patologias: avoz dos bancários
  • Clínica do trabalho. Análise clínica do trabalho
  • Clínica do trabalho. Análise da mobilização do coletivo de trabalho
  • Clínica do trabalho. Análiseda psicodinâmica do trabalho
  • Clínica do trabalho. Análisedos dispositivos clínicos
  • Clínica do trabalho. Análise
  • Clínica do trabalho. Análise
  • Clínica do trabalho. Análise
  • Clínica do trabalho. Sujeito em ação: diálogos entre a psicodinâmica do trabalho e a psicanálise
  • Clínica do trabalho. Trajetória teóricada clínica do trabalho e da ação dejouriana
  • Clínica no Sindicato dos Professores do Distrito Federal
  • Clínica psicodinâmica do trabalho. Análise Clínica do Trabalho - ACT
  • Clínica psicodinâmica do trabalho. Análise dos dispositivos clínicos
  • Clínica psicodinâmica do trabalho. Condições para fazer a clínica
  • Clínica psicodinâmica dotrabalho. Dispositivos
  • Clínica. Expressão dos coletivos de trabalho: a clínica em instituições brasileiras
  • Coletivo de trabalho. Análise damobilização do coletivo de trabalho
  • Coletivo. Expressão dos coletivos de trabalho: a clínica em instituições brasileiras
  • Condições institucionais, políticas eéticas para prática clínica
  • Condições para fazer a clínica
  • Contribuições da Psicanálise para uma clínica psicodinâmica do trabalho
  • Contribuições dos escritos de Freud
  • Cooperação. Clínica da cooperaçãoem uma Associação de catadores de material reciclável
  • Cooperação. Clínica da cooperação no CAPS
  • Cooperação. Clínica da cooperação: práticas em empresa pública e privada

D

  • Dispositivos clínicos para escuta qualificada
  • Dispositivos clínicos. Análise dos dispositivos clínicos
  • Dispositivos clínicos. Análisedos dispositivos clínicos
  • Dispositivos para a clínicapsicodinâmica do trabalho

E

  • Empresa privada. Clínica da cooperação: práticas em empresa pública e privada
  • Empresa privada. Práticana empresa privada
  • Empresa pública. Clínica da cooperação: práticas em empresa pública e privada
  • Empresa pública. Prática na empresa pública
  • Escuta qualificada. Dispositivos clínicos para escuta qualificada
  • Ética. Condições institucionais, políticase éticas para prática clínica
  • Expressão dos coletivos de trabalho: aclínica em instituições brasileiras
  • Expressão dos coletivos de trabalho: a clínica em instituições brasileiras. Para finalizar

F

  • Freud. Contribuições dos escritos de Freud

I

  • Instituições brasileiras. Expressão doscoletivos de trabalho: a clínica em instituições brasileiras
  • Instituição. Condições institucionais, políticas e éticas para prática clínica
  • Inventário de Riscos de SofrimentoPatogênico no Trabalho - IRIS
  • Inventário de Riscos de Sofrimento Patogênico no Trabalho - IRST. Estrutura do Inventário
  • Inventário de Riscos de Sofrimento Patogênico no Trabalho - IRST. Processo de validação
  • IRST. Inventário de Riscos de Sofrimento Patogênico no Trabalho - IRST

M

  • Metodologia em Psicodinâmica do Trabalho
  • Mobilização do coletivo de trabalho. Análise
  • Mobilização do coletivo detrabalho. Análise
  • Mobilização do coletivo detrabalho. Análise

P

  • Patologia. Clínicadas patologias
  • Patologia. Clínica das patologias: a voz dos bancários
  • Política. Condições institucionais, políticas e éticas para prática clínica
  • Prática clínica. Condições institucionais, políticas e éticas para prática clínica
  • Prática na empresa privada
  • Prática na empresa pública
  • Psicanálise. Contribuições da Psicanálise para uma clínica psicodinâmica do trabalho
  • Psicanálise. Sujeito em ação: diálogos entre a psicodinâmica do trabalho e a psicanálise
  • Psicodinâmica do trabalho. Contribuições da Psicanálise para uma clínica psicodinâmica do trabalho
  • Psicodinâmica do Trabalho. Metodologia
  • Psicodinâmica dotrabalho
  • Psicodinâmica do trabalho. Análiseda psicodinâmica do trabalho
  • Psicodinâmica do trabalho. Análise
  • Psicodinâmica do trabalho. Dispositivos clínicos para escuta qualificada
  • Psicodinâmica do trabalho. Dispositivos para a clínica
  • Psicodinâmica. Contribuições dos escritos de Freud
  • Psicodinâmica. Sujeito em ação: diálogos entre a psicodinâmica do trabalho e a psicanálise

R

  • Reciclagem. Clínica da cooperaçãoem uma Associação de catadores de material reciclável
  • Referências

S

  • Sindicato. Clínica no Sindicato dosProfessores do Distrito Federal
  • Sujeito em ação: diálogos entre a psicodinâmica do trabalho e a psicanálise
  • Sujeito em ação: diálogos entre a psicodinâmica do trabalho e a psicanálise. Para finalizar

T

  • Trabalho. Contribuições da Psicanálise para uma clínica psicodinâmica do trabalho
  • Trabalho. Psicodinâmica do trabalho
  • Trabalho. Sujeito em ação: diálogos entre a psicodinâmica do trabalho e a psicanálise
  • Trajetória teórica da clínica dotrabalho e da ação dejouriana
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: