Direito de Resistência Constitucional

4ª Edição - Revista e Atualizada José Carlos Buzanello

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 30,00

Versão impressa

de R$ 149,90*

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
de R$ 104,70*

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): José Carlos Buzanello

ISBN v. impressa: 978853628569-6

ISBN v. digital: 978853628627-3

Edição/Tiragem: 4ª Edição - Revista e Atualizada

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 384

Publicado em: 21/01/2019

Área(s): Direito - Constitucional

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

O leitor encontrará nessa obra um libelo de busca pela justiça e pelo enfrentamento à injustiça, dentro do regime democrático. O Autor aborda este tema tão pouco enfrentado na literatura jurídica em uma obra densa e única. O texto é voltado para diversos tipos de operadores do direito, desde um exigente jurista, passando pelo caráter prático do campo profissional, e chegando, por fim, ao próprio mundo acadêmico e para a ação militante.

A Constituição, ao reconhecer o direito de resistência, age dentro de uma unidade de valor de defesa do sistema de direitos fundamentais e da concordância estrutural do direito de resistência com a ordem constitucional. Assim, constrói o estatuto da resistência com todos os seus institutos e define as formas institucionais da vontade política e jurídica da nação dentro dos marcos constitucionais. Pontuada essa forma de expressão bastante atrativa e instigante na leitura, remonta aos ensinamentos clássicos até aos temas atuais dos protestos públicos, através dos quais a sociedade civil complexa exige direitos cada vez mais ao Estado e esse não responde à altura.

Dentro do estatuto da resistência, essas demandas de acesso à justiça podem, via administrativa, judiciária ou de outra forma, descambar para os protestos públicos (desobediência civil). Há de se reconhecer, ainda, que há outras qualidades de sentido mais teórico e que se enquadram dentro do atual debate da Teoria Constitucional, numa sociedade em transição de valores.

Autor(es)

JOSÉ CARLOS BUZANELLO

Doutor em Direito do Estado pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-Rio. Formado em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Advogado. Diretor da Escola de Administração Pública da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO. Professor do Curso de Mestrado em Direito, lecionando as disciplinas de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Regulação dos serviços públicos na UNIRIO. Autor de vários livros na área do Direito Público.

Sumário

LISTA DE SIGLAS E ABREVIATURAS, p. 17

INTRODUÇÃO, p. 19

Capítulo 1 ASPECTOS HISTÓRICOS DO DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 31

1.1 ASPECTOS DA RESISTÊNCIA ANTIGA, p. 32

1.1.1 Sobre o Tiranicídio, p. 34

1.1.2 A Commendatio e o Beneficium, p. 39

1.2 A RESISTÊNCIA COMO PROBLEMA MODERNO, p. 40

1.3 MODELOS POLÍTICOS MODERNOS, p. 45

1.3.1 Teoria Humanista, p. 46

1.3.2 Teoria Anarquista, p. 48

1.3.3 Teoria Liberal, p. 49

1.3.4 Teoria Socialista, p. 53

1.4 FORMAÇÃO DO ESTADO SOCIAL CONTEMPORÂNEO, p. 58

Capítulo 2 O DIREITO DE RESISTÊNCIA NO PENSAMENTO MODERNO, p. 63

2.1 O PROBLEMA JUSNATURALISTA, p. 65

2.1.1 A Noção de Contrato Público, p. 69

2.2 ESBOÇO DO MODELO HOBBESIANO, p. 76

2.2.1 A Noção de Segurança Político-Jurídica, p. 81

2.2.2 A Resistência é Possível?, p. 86

2.3 ESBOÇO DO MODELO LOCKIANO, p. 95

2.3.1 Contrato Lockiano, p. 97

2.3.2 A Legitimidade do Direito, p. 99

2.3.3 A Resistência Legítima, p. 102

2.4 A CONSTRUÇÃO DA SOCIEDADE POLÍTICA MODERNA, p. 107

2.4.1 Estado e Direito em Hobbes e Locke, p. 108

2.4.2 Ordem Política e Ordem Jurídica, p. 112

2.4.3 Segurança Jurídica e Direito Positivo, p. 116

Capítulo 3 INSTITUCIONALIZAÇÃO DO DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 125

3.1 A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA RESISTÊNCIA, p. 127

3.1.1 Resistência Moderna, p. 130

3.1.2 Resistência Contemporânea, p. 138

3.2 DOS FUNDAMENTOS DO DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 144

3.2.1 Da Legitimidade Política, p. 145

3.2.2 Do Fundamento Ético, p. 148

3.2.3 Do Pluralismo Jurídico, p. 150

3.2.4 Do Fundamento Jurídico, p. 154

3.3 RESISTÊNCIA LÍCITA E ILÍCITA, p. 157

Capítulo 4 ESTATUTO DO DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 163

4.1 A CONSTRUÇÃO CONCEITUAL DO DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 164

4.1.1 Conceito Operacional, p. 165

4.1.2 Análise dos Conceitos Estabelecidos, p. 167

4.2 RELAÇÕES COM OUTROS RAMOS DO DIREITO E ÁREAS AFINS, p. 171

4.3 CLASSIFICAÇÃO DO DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 178

4.3.1 Variáveis no Exercício do Direito de Resistência, p. 178

4.4 INTERAÇÃO DAS VARIÁVEIS DA RESISTÊNCIA, p. 180

Capítulo 5 MODALIDADES CLASSIFICATÓRIAS DO DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 185

5.1 MODALIDADES INSTITUCIONAIS DE DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 185

5.1.1 Greve Política, p. 185

5.1.2 Objeção de Consciência, p. 188

5.1.3 Tipos de Objeção de Consciência, p. 194

5.1.4 Desobediência Civil, p. 198

5.2 MODALIDADES NÃO INSTITUCIONAIS DE DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 204

5.2.1 Direito à Autodeterminação dos Povos, p. 204

5.2.2 Direito à Revolução, p. 207

5.2.3 Direito à Guerra, p. 211

Capítulo 6 DIREITO DE RESISTÊNCIA CONSTITUCIONAL, p. 219

6.1 O PROBLEMA CONSTITUCIONAL DA RESISTÊNCIA, p. 221

6.2 LIMITES CONSTITUCIONAIS DA RESISTÊNCIA, p. 229

6.3 LIBERDADE E DIREITOS FUNDAMENTAIS, p. 235

6.4 A LIBERDADE COMO DIREITO DE DEFESA, p. 238

6.5 DIREITOS DE CIDADANIA COMO DIREITO DE DEFESA, p. 243

Capítulo 7 DIREITO DE RESISTÊNCIA NA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA, p. 247

7.1 PROCESSO CONSTITUINTE E DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 248

7.1.1 Direito de Resistência na Assembleia Nacional Constituinte, p. 252

7.1.2 A Promessa Constitucional de 1988, p. 257

7.2 PERSPECTIVAS CONSTITUCIONAIS DA RESISTÊNCIA, p. 262

7.2.1 Resistência Implícita, p. 267

7.3 MODALIDADES DE RESISTÊNCIA CONSTITUCIONAL, p. 270

7.3.1 Objeção de Consciência, p. 270

7.3.2 Greve Política, p. 276

7.4 MODO DE EXERCÍCIO DO DIREITO DE RESISTÊNCIA, p. 277

7.4.1 Instrumentos Processuais Constitucionais, p. 279

7.4.1.1 Procedimentos para requerer o direito de resistência, p. 281

7.4.2 Controle de Constitucionalidade da Lei Injusta, p. 282

CONCLUSÃO, p. 291

ANEXOS, p. 303

ANEXO I - SOBRE A TEORIA DA RESISTÊNCIA HOBBESIANA, p. 303

ANEXO II - DIREITO DE RESISTÊNCIA NA ANC, p. 331

ANEXO III - FONTE CONSTITUCIONAL DA RESISTÊNCIA, p. 337

ANEXO IV - APLICAÇÕES DA OBJEÇÃO DE CONSCIÊNCIA, p. 343

ANEXO V - RESISTÊNCIA DOS QUILOMBOS, p. 349

ANEXO VI - A LUTA PELA TERRA ÍNDIGENA, p. 355

ANEXO VII - PROTESTOS PÚBLICOS E RESISTÊNCIA, p. 357

REFERÊNCIAS, p. 367

Índice alfabético

A

  • Abreviatura. Lista de siglas e abreviaturas, p. 17
  • Anexo I. Sobre a teoria da resistência hobbesiana, p. 303
  • Anexo II. Direito de resistência na ANC, p. 331
  • Anexo III. Fonte constitucional da resistência, p. 337
  • Anexo IV. Aplicações da objeção de consciência, p. 343
  • Anexo V. Resistência dos quilombos, p. 349
  • Anexo VI. A luta pela terra indígena, p. 355
  • Anexo VII. Protestos públicos e resistência, p. 357
  • Anexos, p. 303
  • Aspectos históricos do direito de resistência, p. 31
  • Assembleia Nacional Constituinte. Direito de resistência na Assembleia Nacional Constituinte, p. 252
  • Autodeterminação. Direito à autodeterminação dos povos, p. 204

B

  • Beneficium. Commendatio e o beneficium, p. 39

C

  • Cidadania. Direitos de cidadania como direito de defesa, p. 243
  • Commendatio e o beneficium, p. 39
  • Conclusão, p. 291
  • Constitucional. Direito de resistência constitucional, p. 219
  • Constitucional. Limites constitucionais da resistência, p. 229
  • Constitucional. Problema constitucional da resistência, p. 221
  • Constituição. Direito de resistência na Constituição brasileira, p. 247
  • Construção da sociedade política moderna, p. 107
  • Contrato público. Noção, p. 69
  • Controle de constitucionalidade da lei injusta, p. 282

D

  • Desobediência civil, p. 198
  • Direito à autodeterminação dos povos, p. 204
  • Direito à guerra, p. 211
  • Direito à revolução, p. 207
  • Direito de defesa. Direitos de cidadania como direito de defesa, p. 243
  • Direito de defesa. Liberdade como direito de defesa, p. 238
  • Direito de resistência constitucional, p. 219
  • Direito de resistência na Assembleia Nacional Constituinte, p. 252
  • Direito de resistência na Constituição brasileira, p. 247
  • Direito de resistência no pensamento moderno, p. 63
  • Direito de resistência. Análise dos conceitos estabelecidos, p. 167
  • Direito de resistência. Aspectos históricos do direito de resistência, p. 31
  • Direito de resistência. Classificação do direito de resistência, p. 178
  • Direito de resistência. Conceito operacional, p. 165
  • Direito de resistência. Construção conceitual do direito de resistência, p. 164
  • Direito de resistência. Fundamento ético, p. 148
  • Direito de resistência. Fundamento jurídico, p. 154
  • Direito de resistência. Fundamentos, p. 144
  • Direito de resistência. Legitimidade política, p. 145
  • Direito de resistência. Modalidades classificatórias do direito de resistência, p. 185
  • Direito de resistência. Modalidades institucionais de direito de resistência, p. 185
  • Direito de resistência. Modalidades institucionais. Objeção de consciência, p. 188
  • Direito de resistência. Modalidades institucionais. Tipos, p. 194
  • Direito de resistência. Modalidades não institucionais de direito de resistência, p. 204
  • Direito de resistência. Modo de exercício do direito de resistência, p. 277
  • Direito de resistência. Pluralismo jurídico, p. 150
  • Direito de resistência. Processo constituinte e direito de resistência, p. 248
  • Direito de resistência. Relações com outros ramos do direito e áreas afins, p. 171
  • Direito de resistência. Variáveis no exercício do direito de resistência, p. 178
  • Direito positivo. Segurança jurídica e direito positivo, p. 116
  • Direito. Institucionalização do direito de resistência, p. 125
  • Direitos de cidadania como direito de defesa, p. 243
  • Direitos fundamentais. Liberdade e direitos fundamentais, p. 235

E

  • Estado e direito em Hobbes e Locke, p. 108
  • Estado social. Formação do estado social contemporâneo, p. 58
  • Estatuto do direito de resistência, p. 163

F

  • Fundamentos do direito de resistência, p. 144

G

  • Greve política, p. 185
  • Greve política, p. 276
  • Guerra. Direito à guerra, p. 211

H

  • Histórico. Aspectos históricos do direito de resistência, p. 31
  • Hobbes. Esboço do modelo hobbesiano, p. 76
  • Hobbes. Estado e direito em Hobbes e Locke, p. 108
  • Hobbes. Noção de segurança político-jurídica, p. 81
  • Hobbes. Resistência é possível?, p. 86

I

  • Institucionalização da resistência, p. 127
  • Institucionalização do direito de resistência, p. 125
  • Instrumentos processuais constitucionais, p. 279
  • Introdução, p. 19

J

  • Jusnaturalismo. Problema jusnaturalista, p. 65

L

  • Liberdade como direito de defesa, p. 238
  • Liberdade e direitos fundamentais, p. 235
  • Lista de siglas e abreviaturas, p. 17
  • Locke. A legitimidade do direito, p. 99
  • Locke. A resistência legítima, p. 102
  • Locke. Contrato lockiano, p. 97
  • Locke. Esboço do modelo lockiano, p. 95
  • Locke. Estado e direito em Hobbes e Locke, p. 108

M

  • Modalidades não institucionais de direito de resistência, p. 204
  • Modelos políticos modernos, p. 45
  • Modo de exercício do direito de resistência, p. 277

N

  • Noção de contrato público, p. 69

O

  • Ordem política e ordem jurídica, p. 112

P

  • Pensamento moderno. Direito de resistência no pensamento moderno, p. 63
  • Perspectivas constitucionais da resistência, p. 262
  • Política moderna. Construção da sociedade política moderna, p. 107
  • Problema jusnaturalista, p. 65
  • Procedimentos para requerer o direito de resistência, p. 281
  • Processo constituinte e direito de resistência, p. 248
  • Promessa constitucional de 1988, p. 257

R

  • Referências, p. 367
  • Resistência como problema moderno, p. 40
  • Resistência constitucional. Modalidades de resistência constitucional, p. 270
  • Resistência constitucional. Modalidades. Objeção de consciência, p. 270
  • Resistência contemporânea, p. 138
  • Resistência implícita, p. 267
  • Resistência lícita e ilícita, p. 157
  • Resistência moderna, p. 130
  • Resistência. Aspectos da resistência antiga, p. 32
  • Resistência. Direito de resistência no pensamento moderno, p. 63
  • Resistência. Institucionalização da resistência, p. 127
  • Resistência. Institucionalização do direito de resistência, p. 125
  • Resistência. Interação das variáveis da resistência, p. 180
  • Resistência. Perspectivas constitucionais da resistência, p. 262
  • Resistência. Teoria anarquista, p. 48
  • Resistência. Teoria humanista, p. 46
  • Resistência. Teoria liberal, p. 49
  • Resistência. Teoria socialista, p. 53
  • Revolução. Direito à revolução, p. 207

S

  • Segurança jurídica e direito positivo, p. 116
  • Sigla. Lista de siglas e abreviaturas, p. 17

T

  • Tiranicídio. Sobre o tiranicídio, p. 34

Recomendações

Capa do livro: Direitos Humanos na Ordem Contemporânea - Volume III, Coordenadoras: Flávia Piovesan, Daniela Ikawa e Melina Girardi Fachin

Direitos Humanos na Ordem Contemporânea - Volume III

 Coordenadoras: Flávia Piovesan, Daniela Ikawa e Melina Girardi FachinISBN: 978853622949-2Páginas: 608Publicado em: 15/04/2010

Versão impressa

de R$ 184,70* porR$ 166,23Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Acesso à Justiça e Autonomia Financeira do Poder Judiciário: a Quarta Onda?, Luiz Felipe Siegert Schuch

Acesso à Justiça e Autonomia Financeira do Poder Judiciário: a Quarta Onda?

 Luiz Felipe Siegert SchuchISBN: 853621336-1Páginas: 260Publicado em: 01/08/2006

Versão impressa

de R$ 79,90* porR$ 71,91Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Terceiro Setor, Carla Bertucci Barbieri

Terceiro Setor

 Carla Bertucci BarbieriISBN: 978853621922-6Páginas: 196Publicado em: 08/05/2008

Versão impressa

de R$ 59,90* porR$ 53,91Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Contratos e Eficácia dos Direitos Fundamentais, Carlos Wagner Dias Ferreira

Contratos e Eficácia dos Direitos Fundamentais

 Carlos Wagner Dias FerreiraISBN: 978853623140-2Páginas: 238Publicado em: 30/09/2010

Versão impressa

de R$ 69,90* porR$ 62,91Adicionar ao
carrinho