Contratos Comerciais - Liberdade Contratual à Luz da Declaração de Direitos de Liberdade Econômica

Luís Inácio Carneiro Filho

Versão impressa

por R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
por R$ 57,70em 2x de R$ 28,85Adicionar ao carrinho

Ficha técnica

Autor(es): Luís Inácio Carneiro Filho

ISBN v. impressa: 978652630426-6

ISBN v. digital: 978652630586-7

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 189grs.

Número de páginas: 152

Publicado em: 22/05/2023

Área(s): Direito - Civil - Contratos; Internacional

Versão Digital (eBook)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora - Juruá eBooks - para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 5 ou posterior
  • iOSiOS 8 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite download do livro em formato PDF;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Esta obra tem por objetivo demonstrar a independência dos contratos interempresariais, distinguindo-os de outros contratos de direito comum, sugerindo uma releitura das liberdades contratuais, mitigando o dirigismo contratual, e, por consequência, conferindo maior estabilidade e segurança jurídica ao trato das relações negociais comerciais. O elastecimento das liberdades dos contratantes não sugere o reavivamento do modelo de contrato totalmente liberal, apenas pretende afastar o contrato empresarial do modelo sob dirigismo, em atenção a um cenário econômico globalizado que reclama e se escora na solidez das relações negociais livremente ajustadas. Assim, a menor intervenção estatal nos contratos passa a ser uma necessidade ao incremento dos investimentos e, por via reflexa, confere maior concretude e incentivo ao princípio constitucional da livre iniciativa. Para tanto, é necessária uma revisitação conceitual dos conhecidos princípios contratuais da autonomia da vontade, da força obrigatória e da função social, adequando-os à realidade das relações negociais de direito comercial. Este estudo também constata o surgimento de novos padrões interpretativos próprios aos contratos interempresariais, como o da intervenção mínima do Estado, da presunção de simetria e da sofisticação dos contratantes, cujos contornos foram delineados pela Declaração dos Direitos da Liberdade Econômica, apresentada pela Lei 13.874/2019. Tal constatação resgata e confirma a identidade dos contratos de Direito Comercial, garantindo-lhes a demarcação de um terreno próprio, mais condizente à relevante função que exercem na sociedade e na economia.

Autor(es)

LUÍS INÁCIO CARNEIRO FILHO

Advogado, Mestre em Direito Civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Doutor em Direito Empresarial pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Professor Titular de Direito Civil da Faculdade de Direito de Itu, Professor Titular de Direito Civil e Direito Empresarial da Faculdade de Direito de Sorocaba.

Sumário

INTRODUÇÃO, p. 11

1 O ESTADO ATUAL DO CONTRATO COMERCIAL, p. 21

1.1 O CONTRATO COMERCIAL FRENTE À UNIFICAÇÃO DO CÓDIGO CIVIL DE 2002, p. 27

1.2 A RELAÇÃO INTEREMPRESARIAL COMO FONTE DO CONTRATO, p. 36

1.3 ELEMENTOS DE CARACTERIZAÇÃO DO CONTRATO COMERCIAL, p. 42

2 O CONTRATO SOB INTERVENÇÃO, p. 49

2.1 O CONTROLE DAS LIBERDADES CONTRATUAIS, p. 57

2.2 A SOCIALIZAÇÃO DO CONTRATO, p. 69

3 A RELIBERALIZAÇÃO DOS CONTRATOS COMERCIAIS E A LEI 13.874/2019, p. 83

3.1 A MÍNIMA INTERVENÇÃO COMO REGRA, p. 89

3.2 A PRESUNÇÃO DE PARIDADE ENTRE OS CONTRATANTES, p. 97

3.2.1 A Assimetria como Exceção, p. 102

3.2.2 A Livre Estipulação do Pacto, p. 108

3.2.3 A Livre Definição de Regras de Interpretação, p. 112

3.3 A REVISÃO CONTRATUAL COMO EXCEÇÃO, p. 118

3.4 O ROBUSTECIMENTO DA FORÇA OBRIGATÓRIA, p. 124

CONCLUSÃO, p. 131

REFERÊNCIAS, p. 135

Índice alfabético

A

  • Assimetria como exceção, p. 102

C

  • CCB/2002. Contrato comercial frente à unificação do Código Civil de 2002, p. 27
  • Conclusão, p. 131
  • Contratante. Presunção de paridade entre os contratantes, p. 97
  • Contrato comercial frente à unificação do Código Civil de 2002, p. 27
  • Contrato comercial. Elementos de caracterização, p. 42
  • Contrato comercial. Estado atual do contrato comercial, p. 21
  • Contrato comercial. Reliberalização dos contratos comerciais e a Lei 13.874/2019, p. 83
  • Contrato sob intervenção, p. 49
  • Contrato. Relação interempresarial como fonte do contrato, p. 36
  • Contrato. Revisão contratual como exceção, p. 118
  • Contrato. Socialização do contrato, p. 69
  • Controle das liberdades contratuais, p. 57

E

  • Elementos de caracterização do contrato comercial, p. 42
  • Estado atual do contrato comercial, p. 21
  • Exceção. Revisão contratual como exceção, p. 118

F

  • Fonte do contrato. Relação interempresarial como fonte do contrato, p. 36
  • Força obrigatória. Robustecimento da força obrigatória, p. 124

H

  • Hermenêutica. Livre definição de regras de interpretação, p. 112

I

  • Interempresarial. Relação interempresarial como fonte do contrato, p. 36
  • Interpretação. Livre definição de regras de interpretação, p. 112
  • Intervenção. Contrato sob intervenção, p. 49
  • Intervenção. Mínima intervenção como regra, p. 89
  • Introdução, p. 11

L

  • Lei 13.874/2019. Reliberalização dos contratos comerciais e a Lei 13.874/2019, p. 83
  • Liberdades contratuais. Controle, p. 57
  • Livre definição de regras de interpretação, p. 112
  • Livre estipulação do pacto, p. 108

M

  • Mínima intervenção como regra, p. 89

P

  • Pacto. Livre estipulação do pacto, p. 108
  • Paridade. Presunção de paridade entre os contratantes, p. 97
  • Presunção de paridade entre os contratantes, p. 97

R

  • Referências, p. 135
  • Relação interempresarial como fonte do contrato, p. 36
  • Reliberalização dos contratos comerciais e a Lei 13.874/2019, p. 83
  • Revisão contratual como exceção, p. 118
  • Robustecimento da força obrigatória, p. 124

S

  • Socialização do contrato, p. 69

Recomendações

Capa do livro: Responsabilidade Tributária de Grupo Econômico, Rafael Oliveira Beber Peroto

Responsabilidade Tributária de Grupo Econômico

 Rafael Oliveira Beber PerotoISBN: 978655605329-5Páginas: 232Publicado em: 15/12/2020

Versão impressa

R$ 109,90em 4x de R$ 27,48Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 77,70em 3x de R$ 25,90Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Revista Internacional Consinter de Direito - Ano VI - Número X - 1º Semestre 2020 - Estudos Contemporâneos, Editor: David Vallespín Pérez - Diretores: Germán Barreiro González, Gonçalo S. de Melo Bandeira e María Yolanda Sánchez-Urán Azaña

Revista Internacional Consinter de Direito - Ano VI - Número X - 1º Semestre 2020 - Estudos Contemporâneos

 Editor: David Vallespín Pérez - Diretores: Germán Barreiro González, Gonçalo S. de Melo Bandeira e María Yolanda Sánchez-Urán AzañaISSN: 2183-6396-00010Páginas: 720Publicado em: 30/06/2020

Versão impressa

R$ 289,90em 6x de R$ 48,32Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: 25 Años del Tribunal del Jurado, Organización: Nancy Carina Vernengo Pellejero
Doutrina Estrangeira

25 Años del Tribunal del Jurado

 Organización: Nancy Carina Vernengo PellejeroISBN: 978655605694-4Páginas: 246Publicado em: 26/05/2021

Versão impressa

R$ 109,90em 4x de R$ 27,48Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 77,70em 3x de R$ 25,90Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Recurso de Apelación Penal - Teoría y Práctica, Jaime Suau Morey
Doutrina Estrangeira

Recurso de Apelación Penal - Teoría y Práctica

 Jaime Suau MoreyISBN: 978853626700-5Páginas: 134Publicado em: 06/04/2017

Versão impressa

R$ 69,90em 2x de R$ 34,95Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 49,90 Adicionar eBook
ao carrinho