Nulidades no Processo Penal, As - Sua Compreensão por meio da Afirmação do Direito como Controle ao Poder de Punir

Leonardo Costa de Paula

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Leonardo Costa de Paula
ISBN: 978853624058-9
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 180
Publicado em: 16/01/2013
Área(s): Direito Penal; Direito Processual Penal
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Em As Nulidades no Processo Penal - Sua Compreensão por meio da Afirmação do Direito como Controle ao Poder de Punir a abordagem está centrada na desvinculação da tradicional forma de punir para uma forma mais racional de processo, em que o Estado siga seus próprios ditames legais na aplicação da sanção penal. A investigação fixou-se em pesquisas na legislação nacional, partindo da Constituição da República, do Código de Processo Penal e da doutrina brasileira, com breve notícia de trabalhos de autores estrangeiros (principalmente Argentina e Itália) que analisaram as formas dos atos processuais, do processo e da nulidade segundo as perspectivas kelseniana e do Garantismo Penal. No desenvolvimento do tema partiu-se do pressuposto de que a nulidade no processo penal sustenta-se na impropriedade do agir estatal, que historicamente tende à arbitrariedade. Decorre daí o imperioso cuidado dedicado aos fundamentos das garantias constitucionais e aos princípios do Estado Democrático de Direito na análise da efetividade do processo penal. O contexto histórico também foi tecido pelo autor em seus aspectos procedimentais penais, que oferece ao público leitor reflexão e informação de tema controverso e fundamental para a concretização dos direitos fundamentais.

AUTOR(ES)

Leonardo Costa de Paula é Mestre em Direito Público e Evolução Social pela Universidade Estácio de Sá, na área de concentração Acesso a Justiça e Efetividade do Processo. Pós-graduado em Direito e Processo Penal e em Docência do Ensino Superior e Bacharel em Direito pela Universidade Cândido Mendes. Professor de Introdução ao Direito e de Direito Processual Penal e Coordenador do Núcleo de Iniciação Científica da mesma Universidade. Coordenador Adjunto da Pós-graduação Processo Penal e Garantias Fundamentais da ABDConst. Coordenador Regional do Instituto Brasileiro de Direito Processual Penal (IBRASPP) no Rio de Janeiro. Pesquisador no Projeto de Pesquisa "As matrizes autoritárias do Processo Penal brasileiro: para além da influência do Código Rocco (1941)" coordenado pelo Prof. Dr. Geraldo Prado. Advogado- -pesquisador da Associação pela Reforma Prisional.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

CAPÍTULO 1 - DOS EXCESSOS NO PODER DE PUNIR

1.1 Considerações Iniciais

1.2 Breve Análise Histórica das Origens do Poder de Punir na Matriz do Direito Brasileiro

1.3 A Projeção da Influência de Nossa Matriz Autoritária a Partir da Ditadura Vargas

CAPÍTULO 2 - A JUSTIÇA CRIMINAL E O PROCESSO PENAL EM SUA RELAÇÃO COM O PODER DE PUNIR: O PAPEL DA IDEIA DE ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

2.1 Considerações Iniciais sobre a Representação do Papel das Nulidades

2.2 E no Brasil

CAPÍTULO 3 - TEORIA DAS NORMAS JURÍDICAS: A VISÃO TRADICIONAL E A FUNÇÃO PROTETIVA DO PROCESSO

CAPÍTULO 4 - AS NULIDADES NO PROCESSO PENAL

CAPÍTULO 5 - AFIRMAR O DIREITO PARA COMPREENDER A NULIDADE

CAPÍTULO 6 - ADENDO PROSPECTIVO: O PROJETO DO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL E AS NULIDADES

CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Adendo prospectivo: o projeto do Código de Processo Penal e as nulidades
  • Afirmar o direito para compreender a nulidade
  • Autoritarismo. Projeção da influência de nossa matriz autoritária a partir da ditadura Vargas

B

  • Breve análise histórica das origens do poder de punir na matriz do direito brasileiro

C

  • Código de Processo Penal. Adendo prospectivo: o projeto do Código de Processo Penal e as nulidades
  • Considerações finais
  • Considerações iniciais sobre a representação do papel das nulidades

D

  • Direito Brasileiro. Breve análise histórica das origens do poder de punir na matriz do direito brasileiro
  • Direito. Afirmar o direito para compreender a nulidade
  • Ditadura. Projeção da influência de nossa matriz autoritária a partir da ditadura Vargas

E

  • Era Vargas. Projeção da influência de nossa matriz autoritária a partir da ditadura Vargas
  • Estado Democrático de Direito. Justiça criminal e o processo penal em sua relação com o poder de punir: o papel da ideia de Estado Democrático de Direito
  • Excessos no poder de punir
  • Excessos no poder de punir. Considerações iniciais

H

  • Histórico. Breve análise histórica das origens do poder de punir na matriz do Direito Brasileiro
  • Histórico. Projeção da influência denossa matriz autoritária a partir da ditadura Vargas

I

  • Introdução

J

  • Justiça criminal e o processo penal em sua relação com o poder de punir: o papel da ideia de Estado Democrático de Direito

N

  • Norma jurídica. Teoria das normas jurídicas: a visão tradicional e a função protetiva do processo
  • Nulidade. Adendo prospectivo: o projeto do Código de Processo Penal e as nulidades
  • Nulidade. Afirmar o direito para compreender a nulidade
  • Nulidades no processo penal
  • Nulidades. Considerações iniciais sobre a representação do papel das nulidades
  • Nulidades. E no Brasil.

P

  • Poder de punir. Breve análise histórica das origens do poder de punir na matriz do Direito Brasileiro
  • Poder de punir. Excessos.Considerações iniciais
  • Poder de punir. Justiça criminal e oprocesso penal em sua relação com o poder de punir: o papel da ideia de Estado Democrático de Direito
  • Poder. Excessos no poder de punir
  • Processo penal. Justiça criminal e oprocesso penal em sua relação com o poder de punir: o papel da ideia de Estado Democrático de Direito
  • Processo penal. Nulidades no processo penal
  • Processo. Teoria das normas jurídicas: a visão tradicional e a função protetiva do processo
  • Projeção da influência de nossa matriz autoritária a partir da Ditadura Vargas
  • Projeto do Código de Processo Penal. Adendo prospectivo: o projeto do Código de Processo Penal e as nulidades
  • Prospectividade. Adendo prospectivo: o projeto do Código de Processo Penal e as nulidades
  • Protetividade. Teoria das normas jurídicas: a visão tradicional e a função protetiva do processo
  • Punição. Breve análise histórica dasorigens do poder de punir na matriz do Direito Brasileiro
  • Punição. Excessos no poder de punir
  • Punição. Justiça criminal e o processo penal em sua relação com o poder de punir: o papel da ideia de Estado Democrático de Direito

R

  • Referências
  • Representação do papel das nulidades. Considerações iniciais
  • Representação. Considerações Iniciais sobre a Representação do Papel das Nulidades

T

  • Teoria das normas jurídicas: a visãotradicional e a função protetiva do processo
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: