Controle de Constitucionalidade - A Tipologia das Decisões do STF

Léo Brust

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Léo Brust
ISBN: 978853624563-8
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 322
Publicado em: 12/03/2014
Área(s): Direito Constitucional
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

"Encontramo-nos ante uma análise em profundidade do sistema brasileiro de justiça constitucional, analisado pela ótica de um de seus elementos centrais, a tipologia e os efeitos dos pronunciamentos sobre a constitucionalidade das leis.

O leitor tem em suas mãos um estudo monumental, lúcido e completo que merece atenção especial na medida em que, como se sabe, o sistema brasileiro de controle da constitucionalidade encontra-se não só entre os mais avançados do mundo, como também entre os mais complexos.

Trata-se de uma pesquisa científica exaustiva, na qual o autor analisa um sem número de sentenças de constitucionalidade e constrói aquela que provavelmente é a mais completa tipologia dessas sentenças até hoje feita no Brasil. Para esse fim, toma como paradigma os tipos de decisões emitidos pelos Tribunais Constitucionais de Itália, Portugal, Alemanha e Espanha, sem deixar de referenciar o rico debate doutrinário levado a efeito sobre o assunto nos dois lados do Atlântico.

O resultado é uma excelente análise na qual, com apurado senso crítico, o autor desvela, caracteriza e dá nome a inúmeras sentenças emitidas pelo Poder Judiciário brasileiro e muito especialmente pelo Supremo Tribunal Federal. Ademais, analisa a importante questão dos efeitos dessas decisões e a possibilidade de sua modulação, tanto no controle concentrado quanto no controle difuso de constitucionalidade".

Prof. Dr. Augusto Martín de la Vega - Diretor do Departamento de Direito Público da Universidade de Salamanca, Espanha.

AUTOR(ES)

Léo Brust

Doutor em Direito pela Universidade de Salamanca, Espanha. Mestre em Ciência Política pela Universidade Técnica de Lisboa, Portugal. Professor de Direito Constitucional, Consultor e Advogado. Autor de vários artigos científicos. Coautor do livro La protección de los derechos en Latinoamérica desde una perspectiva comparada. Los casos de Brasil, Bolivia y Chile (Ratio Legis, Salamanca, Espanha, 2013).

SUMÁRIO

ABREVIATURAS

INTRODUÇÃO

1 UMA QUESTÃO PRÉVIA: A APLICABILIDADE DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS

2 SENTENÇA SIMPLES DE CONSTITUCIONALIDADE/INCONSTIT UCIONALIDADE

2.1 Sentença de inconstitucionalidade formal e material

2.2 Sentença de inconstitucionalidade por dependência

2.3 Sentença de inconstitucionalidade por conexão ou arrastamento

2.4 Efeitos no controle concentrado (abstrato)

2.4.1 Efeitos gerais e vinculantes

2.4.2 Efeitos retroativos

2.4.3 Repristinação

2.4.4 Efeitos da decisão de concessão de medida cautelar

2.5 Efeitos no controle difuso (concreto)

2.5.1 Abstrativização do controle concreto?

3 SENTENÇA DE INCONSTITUCIONALIDADE PARCIAL (QUANTITATIVA)

4 SENTENÇAS INTERPRETATIVAS

4.1 Sentença interpretativa em sentido estrito (interpretação conforme a Constituição)

4.1.1 A equiparação da sentença interpretativa em sentido estrito com a inconstitucionalidade parcial sem redução de texto

4.2 Sentenças manipulativas

4.2.1 Sentença de inconstitucionalidade parcial sem redução de texto (parcial qualitativa)

4.2.2 Sentença aditiva

4.2.3 Sentença substitutiva

4.3 Sentenças interpretativas no âmbito do controle difuso

4.3.1 Análise dos fundamentos de dois acórdãos interpretativos

4.3.2 Reducionismo e transparência

4.3.3 A necessidade de suscitar o incidente de inconstitucionalidade ao Pleno

5 SENTENÇAS DE INCONSTITUCIONALIDADE POR OMISSÃO

5.1 Sentença de mera comunicação da omissão em ação direta de inconstitucionalidade por omissão

5.2 Sentença de inconstitucionalidade por omissão parcial

5.3 Sentenças de inconstitucionalidade por omissão em mandado de injunção

5.3.1 Sentença de mera comunicação da omissão

5.3.2 Sentença apelativa com concessão diferida do direito

5.3.3 Sentença normativa supletória inter partes

5.3.4 Sentença normativa supletória erga omnes

6 MODULAÇÃO DOS EFEITOS TEMPORAIS DAS SENTENÇAS

6.1 Revogação da legislação pré-constitucional e inconstitucionalidade sobrevinda

6.2 Sentenças limitativas

6.2.1 Limitação dos efeitos temporais em relação ao futuro: inconstitucionalidade com eficáciaex nunc ou pro futuro

6.2.2 Limitação dos efeitos temporais em relação ao passado: inconstitucionalidade com retroatividade mitigada ou parcial

6.3 Sentenças apelativas

6.3.1 Sentença de inconstitucionalidade sem pronunciamento da nulidade do preceito

6.3.2 Sentença apelativa em sentido estrito

ANEXO

ADC - Ação Declaratória de Constitucionalidade por Legitimado - 1993 a 2012

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • A equiparação da sentença interpretativa em senti do estrito com a inconstitucionalidade parcial sem redução de texto .
  • Abreviaturas .
  • Abstrativização do controle concreto? .
  • Acórdãos interpretativos. Análise dos fundamentos de dois acórdãos interpretativos
  • ADC - Ação Declaratória de Constitucionalidade po r Legitimado - 1993 a 2012
  • ADIn. Sentença de mera comunicação da omissão em ação direta de inconstitucionalidade por omissão .
  • Análise dos fundamentos de dois acórdãos interpretativos
  • Anexo .
  • Apelação. Sentença apelativa em sentido estrito .
  • Apelação. Sentenças apelativas.
  • Aplicabilidade. Uma questão prévia: a aplicabilidade das normas constitucionais
  • Arrastamento. Sentença de inconstitucionalidade p or conexão ou arrastamento

C

  • Concessão diferida. Sentença apelativa com conces são diferida do direito
  • Conexão. Sentença de inconstitucionalidade por co nexão ou arrastamento
  • Constitucionalidade. Sentença simples de constitu cionalidade/inconstitucionalidade
  • Constituição. Sentença interpretativa em sentido estrito (interpretação conforme a Constituição) .
  • Controle concentrado. Efeitos no controle concent rado (abstrato)
  • Controle concentrado. Efeitos. Efeitos da decisão de concessão de medida cautelar
  • Controle concentrado. Efeitos. Efeitos gerais e vinculantes
  • Controle concentrado. Efeitos. Efeitos retroativo s
  • Controle concentrado. Efeitos. Repristinação .
  • Controle difuso. Efeitos no controle difuso (conc reto)
  • Controle difuso. Efeitos. Abstrativização do cont role concreto?
  • Controle difuso. Sentenças interpretativas no âmb ito do controle difuso

D

  • Dependência. Sentença de inconstitucionalidade por dependência

E

  • Efeito temporal. Limitação dos efeitos temporais em relação ao futuro: inconstitucionalidade com eficáciaex nunc ou pro futuro
  • Efeito temporal. Limitação dos efeitos temporais em relação ao passado: inconstitucionalidade com retroatividade mitigada ou parcial
  • Efeitos no controle concentrado (abstrato) .
  • Efeitos no controle difuso (concreto) .
  • Eficáciaex nunc. Limitação dos efeitos temporais em relação ao fut uro: inconstitucionalidade com eficáciaex nunc ou pro futuro
  • Eficáciapro futuro. Limitação dos efeitos temporais em relação ao fut uro: inconstitucionalidade com eficáciaex nunc ou pro futuro
  • Equiparação da sentença interpretativa em sentido estrito com a inconstitucionalidade parcial sem redução de texto.
  • Erga omnes. Sentença normativa supletória erga omnes

F

  • Formalidade. Sentença de inconstitucionalidade fo rmal e material

H

  • Hermenêutica. Sentenças interpretativas

I

  • Incidente de inconstitucionalidade. Necessidade d e suscitar o incidente de inconstitucionalidade ao Pleno
  • Inconstitucionalidade parcial. A equiparação da s entença interpretativa em sentido estrito com a inconstitucionalidade parcial sem redução de texto
  • Inconstitucionalidade parcial. Sentença de incons titucionalidade parcial (quantitativa)
  • Inconstitucionalidade parcial. Sentença de incons titucionalidade parcial sem redução de texto (parcial qualitativa) .
  • Inconstitucionalidade sobrevinda. Revogação da le gislação pré-constitucional e inconstitucionalidade sobrevinda
  • Inconstitucionalidade. Limitação dos efeitos temp orais em relação ao passado: inconstitucionalidade com retroatividade mitigada ou parcial
  • Inconstitucionalidade. Sentença de inconstitucion alidade formal e material
  • Inconstitucionalidade. Sentença de inconstitucion alidade por conexão ou arrastamento
  • Inconstitucionalidade. Sentença de inconstitucion alidade por dependência
  • Inconstitucionalidade. Sentença de inconstitucion alidade sem pronunciamento da nulidade do preceito
  • Inconstitucionalidade. Sentença simples de consti tucionalidade/inconstitucionalidade
  • Inconstitucionalidade. Sentenças de inconstitucio nalidade por omissão
  • Inter partes. Sentença normativa supletória inter partes
  • Interpretação. Sentença interpretativa em sentido estrito (interpretação conforme a Constituição) .
  • Interpretação. Sentenças interpretativas .
  • Introdução .

L

  • Limitação dos efeitos temporais em relação ao fut uro: inconstitucionalidade com eficáciaex nunc ou pro futuro
  • Limitação dos efeitos temporais em relação ao pas sado: inconstitucionalidade com retroatividade mitigada ou parcial

M

  • Mandado de injunção. Sentenças de inconstituciona lidade por omissão em mandado de injunção .
  • Materialidade. Sentença de inconstitucionalidade formal e material
  • Mera comunicação. Sentença de mera comunicação da omissão em ação direta de inconstitucionalidade por omissão .
  • Modulação dos efeitos temporais das sentenças .

N

  • Necessidade de suscitar o incidente de inconstitucionalidade ao Pleno
  • Norma constitucional. Uma questão prévia: a aplicabilidade das normas constitucionais
  • Nulidade do preceito. Sentença de inconstituciona lidade sem pronunciamento da nulidade do preceito

O

  • Omissão parcial. Sentença de inconstitucionalidad e por omissão parcial
  • Omissão. Sentença de mera comunicação da omissão em ação direta de inconstitucionalidade por omissão .
  • Omissão. Sentença de mera comunicação da omissão
  • Omissão. Sentenças de inconstitucionalidade por o missão em mandado de injunção .
  • Omissão. Sentenças de inconstitucionalidade por o missão

P

  • Parcial qualitativa. Sentença de inconstitucional idade parcial sem redução de texto (parcial qualitativa)
  • Passado. Limitação dos efeitos temporais em relaç ão ao passado: inconstitucionalidade com retroatividade mitigada ou parcial
  • Pleno. Necessidade de suscitar o incidente de inc onstitucionalidade ao Pleno
  • Pré-constitucionalidade. Revogação da legislação pré-constitucional e inconstitucionalidade sobrevinda

R

  • Reducionismo e transparência
  • Referências
  • Retroatividade. Limitação dos efeitos temporais e m relação ao passado: inconstitucionalidade com retroatividade mitigada ou parcial
  • Revogação da legislação pré-constitucional e inco nstitucionalidade sobrevinda

S

  • Sentença aditiva .
  • Sentença apelativa com concessão diferida do dire ito
  • Sentença apelativa em sentido estrito .
  • Sentença de inconstitucionalidade formal e materi al
  • Sentença de inconstitucionalidade parcial (quanti tativa)
  • Sentença de inconstitucionalidade parcial sem red ução de texto (parcial qualitativa)
  • Sentença de inconstitucionalidade por conexão ou arrastamento
  • Sentença de inconstitucionalidade por dependência
  • Sentença de inconstitucionalidade por omissão par cial
  • Sentença de inconstitucionalidade sem pronunciame nto da nulidade do preceito
  • Sentença de mera comunicação da omissão em ação d ireta de inconstitucionalidade por omissão .
  • Sentença de mera comunicação da omissão .
  • Sentença interpretativa em sentido estrito (inter pretação conforme a Constituição) .
  • Sentença normativa supletória erga omnes
  • Sentença normativa supletória inter partes
  • Sentença simples de constitucionalidade/inconstit ucionalidade
  • Sentença substitutiva .
  • Sentença. Modulação dos efeitos temporais das sen tenças
  • Sentenças apelativas .
  • Sentenças de inconstitucionalidade por omissão em mandado de injunção
  • Sentenças de inconstitucionalidade por omissão .
  • Sentenças interpretativas no âmbito do controle difuso
  • Sentenças interpretativas .
  • Sentenças limitativas .
  • Sentenças manipulativas .

T

  • Temporalidade. Limitação dos efeitos temporais em relação ao futuro: inconstitucionalidade com eficáciaex nunc ou pro futuro
  • Temporalidade. Limitação dos efeitos temporais em relação ao passado: inconstitucionalidade com retroatividade mitigada ou parcial
  • Temporalidade. Modulação dos efeitos temporais da s sentenças
  • Transparência. Reducionismo e transparência
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: