Reforma Previdenciária - Neoliberalismo versus Direitos Sociais Previdenciários - Qual Caminho Desejamos Tomar?

Juliana Toralles dos Santos Braga

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 30,00

Versão impressa

Versão digital

Disponível para:AndroidiOSWindows Phone

Ficha técnica

Autor(es): Juliana Toralles dos Santos Braga

ISBN v. impressa: 978853628018-9

ISBN v. digital: 978853628076-9

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 168

Publicado em: 29/06/2018

Área(s): Direito - Previdenciário

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS, Android ou Windows Phone. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior
  • Windows PhoneWindows Phone 8 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Essa obra busca demonstrar de que forma o he­gemônico discurso neoliberal influenciou as refor­mas realizadas no RGPS, bem como analisar as suas consequências sobre os direitos sociais implemen­tados a partir da promulgação da CF/1988, espe­cialmente diante do cenário político atual que visa a reformas sucessivas – o que de certa forma foi uma constante em nosso país –, trazendo instrumentos e dados para uma ponderação acerca dos caminhos que vêm sendo sinalizados para o RGPS.

Assim, é dividida em três partes: a primeira analisa a história da Previdência Social no Brasil – marcada por exclusão, avanços e retrocessos; a segunda estuda o neoliberalismo e demonstra sua influência sobre os direitos sociais previdenciários na América Latina; e a terceira traz elementos que subsidiem o debate em torno das políticas sociais e da noção de proteção social no Brasil, tais como a financeirização da previ­dência complementar, o suposto deficit da Previdên­cia Social, as renúncias fiscais, os parcelamentos e a Desvinculação das Receitas da União (DRU), os quais espelham a forma como são manejados os recursos da Seguridade Social. Por fim, aborda um questiona­mento de extrema relevância: qual caminho deseja­mos tomar?

Autor(es)

JULIANA TORALLES DOS SANTOS BRAGA

Mestra em Direito e Justiça Social pela Uni­versidade Federal do Rio Grande – FURG. Especialista em Direito Previden­ciário e Direito Público pela Anhanguera – Uni­derp. Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Pelotas – UFPel. Pesquisadora do Projeto de Pesquisa Cidadania, Direitos e Justiça – CIDIJUS (Universidade Federal do Rio Grande – FURG). Pro­fessora. Advogada inscrita na OAB/RS.

Sumário

LISTA DE SIGLAS

INTRODUÇÃO

Capítulo 1 A PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL - UMA HISTÓRIA DE EXCLUSÃO, AVANÇOS E RETROCESSOS SOCIAIS

1.1 UM PANORAMA DA ORIGEM DA PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL E SUA EVOLUÇÃO ATÉ A PROMULGAÇÃO DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988

1.2 OS AVANÇOS CONQUISTADOS COM A CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988 EM TERMOS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

1.3 A CONTRAMÃO DA LEGISLAÇÃO REFERENTE AO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA NO BRASIL APÓS 1988

Capítulo 2 O NEOLIBERALISMO, SUA INFLUÊNCIA E CONSEQUÊNCIAS SOBRE OS DIREITOS SOCIAIS PREVIDENCIÁRIOS NA AMÉRICA LATINA

2.1 UM PANORAMA DO MOVIMENTO NEOLIBERAL

2.2 A ONDA REFORMISTA NEOLIBERAL QUE ATINGIU OS SISTEMAS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS PAÍSES DA AMÉRICA LATINA

2.3 CHILE, O LABORATÓRIO NEOLIBERAL: OS FUNDOS DE PENSÃO, A SUA REALIDADE E O CENÁRIO DE DESIGUALDADE

Capítulo 3 AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE PROTEÇÃO SOCIAL NO BRASIL E O CENÁRIO REFORMISTA ATUAL

3.1 OS RECURSOS DA PREVIDÊNCIA - DA DESVINCULAÇÃO DAS RECEITAS DA UNIÃO ÀS RENÚNCIAS FISCAIS

3.2 A ATUAL PROPOSTA DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL E SEUS FUNDAMENTOS

3.3 A FINANCEIRIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR E A CRIAÇÃO DE BASES PARA A PREVIDÊNCIA PRIVADA NO BRASIL

3.4 QUAL CAMINHO DESEJAMOS TOMAR?

CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

ANEXOS

Índice alfabético

A

  • América Latina. Neoliberalismo, sua influência e consequências sobre os direitos sociais previdenciários na América Latina
  • América Latina. Onda reformista neoliberal que atingiu os sistemas de previdência social dos países da América Latina
  • Anexos
  • Atual proposta de reforma da previdência social e seus fundamentos
  • Avanços conquistados com a Constituição Federal de 1988 em termos de previdência social

C

  • Chile, o laboratório neoliberal: os fundos de pensão, a sua realidade e o cenário de desigualdade
  • Considerações finais
  • Constituição Federal. Avanços conquistados com a Constituição Federal de 1988 em termos de previdência social
  • Constituição Federal. Contramão da legislação referente ao regime geral de previdência no Brasil após 1988
  • Constituição Federal. Um panorama da origem da previdência social no Brasil e sua evolução até a promulgação da Constituição Federal de 1988
  • Contramão da legislação referente ao regime geral de previdência no Brasil após 1988

D

  • Desigualdade. Chile, o laboratório neoliberal: os fundos de pensão, a sua realidade e o cenário de desigualdade
  • Direitos sociais. Neoliberalismo, sua influência e consequências sobre os direitos sociais previdenciários na América Latina

F

  • Financeirização da previdência complementar e a criação de bases para previdência privada no Brasil
  • Fundo de pensão. Chile, o laboratório neoliberal: os fundos de pensão, a sua realidade e o cenário de desigualdade

H

  • Histórico. Previdência Social no Brasil. Uma história de exclusão, avanços e retrocessos sociais

I

  • Introdução

L

  • Legislação. Contramão da legislação referente ao regime geral de previdência no Brasil após 1988
  • Lista de siglas

N

  • Neoliberalismo, sua influência e consequências sobre os direitos sociais previdenciários na América Latina
  • Neoliberalismo. Chile, o laboratório neoliberal: os fundos de pensão, a sua realidade e o cenário de desigualdade
  • Neoliberalismo. Onda reformista neoliberal que atingiu os sistemas de previdência social dos países da América Latina
  • Neoliberalismo. Um panorama do movimento neoliberal

P

  • Políticas públicas de proteção social no Brasil e o cenário reformista atual
  • Previdência complementar. Financeirização da previdência complementar e a criação de bases para previdência privada no Brasil
  • Previdência privada. Financeirização da previdência complementar e a criação de bases para previdência privada no Brasil
  • Previdência Social no Brasil. Uma história de exclusão, avanços e retrocessos sociais
  • Previdência Social. Atual proposta de reforma da previdência social e seus fundamentos
  • Previdência Social. Avanços conquistados com a Constituição Federal de 1988 em termos de previdência social
  • Previdência Social. Recursos da previdência. Da desvinculação das receitas da União às renúncias fiscais
  • Previdência Social. Um panorama da origem da previdência social no Brasil e sua evolução até a promulgação da Constituição Federal de 1988
  • Previdência. Qual caminho desejamos tomar?
  • Proteção social. Políticas públicas de proteção social no Brasil e o cenário reformista atual

R

  • Receita. Recursos da previdência. Da desvinculação das receitas da União às renúncias fiscais
  • Recursos da previdência. Da desvinculação das receitas da União às renúncias fiscais
  • Referências
  • Reforma. Atual proposta de reforma da previdência social e seus fundamentos
  • Reformismo. Políticas públicas de proteção social no Brasil e o cenário reformista atual
  • Regime Geral da Previdência. Contramão da legislação referente ao regime geral de previdência no Brasil após 1988
  • Renúncia fiscal. Recursos da previdência. Da desvinculação das receitas da União às renúncias fiscais
  • Retrocesso e avanço social. Previdência Social no Brasil. Uma história de exclusão, avanços e retrocessos sociais

S

  • Sigla. Lista de siglas
  • Sistema de Previdência Social. Onda reformista neoliberal que atingiu os sistemas de previdência social dos países da América Latina

U

  • Um panorama da origem da previdência social no Brasil e sua evolução até a promulgação da Constituição Federal de 1988
  • União. Recursos da previdência. Da desvinculação das receitas da União às renúncias fiscais

Recomendações

Capa do livro: Apropriação Indébita Previdenciária e o Princípio da Legalidade, Eliseu Ioshito Suzuki

Apropriação Indébita Previdenciária e o Princípio da Legalidade

2ª Edição – Revista e AtualizadaEliseu Ioshito SuzukiISBN: 978853623943-9Páginas: 328Publicado em: 03/10/2012

Versão impressa

R$ 99,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Seguridade Social nos Tribunais, Organizadores: Emilio Sabatovski , Iara P. Fontoura,

Seguridade Social nos Tribunais

 Organizadores: Emilio Sabatovski , Iara P. Fontoura,ISBN: 853620819-8Páginas: 492Publicado em: 29/10/2004

Versão impressa

R$ 149,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Revisão Previdenciária do Mínimo Divisor, Mario Kendy Miyasaki e Elisangela Cristina de Oliveira

Revisão Previdenciária do Mínimo Divisor

 Mario Kendy Miyasaki e Elisangela Cristina de OliveiraISBN: 978853623102-0Páginas: 172Publicado em: 13/08/2010

Versão impressa

R$ 49,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Curso Prático de Direito e Processo Previdenciário, Leonardo Cacau Santos La Bradbury

Curso Prático de Direito e Processo Previdenciário

 Leonardo Cacau Santos La BradburyISBN: 978853628189-6Páginas: 928Publicado em: 29/08/2018

Versão impressa

R$ 197,70Adicionar ao
carrinho